A verdade sobre os «prejuízos» da banca

Ao contrário do que os resultados obtidos pelos principais bancos privados até ao final do 3.º trimestre faziam prever – um lucro superior a 1,5 milhões de euros/dia –, BCP, BES e BPI apresentaram os resultados de 2011 com um prejuízo superior a mil milhões de euros, no quadro de uma gigantesca operação ideológica que visa, entre outros objectivos, dar suporte político ao financiamento por parte do Estado à banca privada em Portugal. O PCP denunciou esta realidade anteontem, numa conferência de imprensa em que participou Jorge Pires, da Comissão Política.



Meses de lutas intensas até 12 de Fevereiro de 1982
Uma greve geral oportuna, legítima e eficaz

Para o patronato, os seus governos e os partidos que defendem os seus interesses, a greve até pode ser legítima... em abstracto. Mas, uma vez convocada, nunca é oportuna, perde legitimidade e não trará qualquer resultado. Esta conversa é velha e ficou bem desmentida na greve geral de 12 de Fevereiro de 1982 – fez no domingo trinta anos.



Para destruir o Estado
Governo esmaga vencimentos da Função Pública

Um dos objectivos centrais das medidas ultraliberais da troika estrangeira e do Governo PSD/CDS é a redução do Estado, transformá-lo no «Estado mínimo» neoliberal, o que visa, por um lado, diminuir a sua capacidade para intervir, deixando assim o campo livre aos grupos económicos para obterem sobrelucros sem qualquer controlo e, por outro lado, privatizar a maior parte das funções sociais do Estado (Saúde, Educação, Segurança Social, etc.) para assim criar áreas lucrativas de negócios para os grandes grupos privados.