Aconteu
Desemprego não recua

A taxa de desemprego em Portugal situou-se nos 15,2 por cento em Maio, valor idêntico ao de Abril, subindo uma décima tanto na zona euro (11,1 por cento) como na União Europeia (10,3). Os dados são do Eurostat e foram revelados terça-feira, 2.

De acordo com o gabinete oficial de estatísticas da UE, o nosso País continua a ter das mais elevadas taxas de desemprego da Europa, apenas superado por Espanha (24,6) e Grécia (21,9, valor relativo a Março).

Em relação ao período homólogo, a taxa de desemprego em Portugal subiu 2,5 pontos percentuais, isto é de 12,7 por cento em Maio de 2011 para 15,2 em Maio passado.


Barreiro mais bonito

Mais de 1300 voluntários participaram no dia 30 numa acção de limpeza e requalificação urbana promovida pela Câmara Municipal do Barreiro. A iniciativa, designada por «Dia B», decorreu em todas as freguesias do concelho. Na hora de balanço, Carlos Humberto, presidente da Câmara, classificou a jornada como «muito positiva», destacando o elevado número de participantes e o espírito de «grande participação cívica».

Ao todo foram 61 as acções agendadas, como a requalificação do Jardim dos Franceses, a limpeza da zona ribeirinha de Alburrica e Copacabana, a pintura dos moinhos do Barreiro ou intervenções em largos e espaços públicos das várias freguesias.

Entre os voluntários, além de pessoas a título individual, estavam funcionários da autarquia, das juntas de freguesia, escuteiros, fuzileiros, bombeiros, membros de várias associações do concelho e vereadores da autarquia.


Fortificações de Elvas elevadas a Património da Humanidade

Image 10847

O conjunto de fortificações de Elvas, cuja fundação remonta ao reinado de D. Sancho II - o maior do mundo na tipologia de fortificações abaluartadas terrestres, com uma área de 300 hectares – passou a integrar o Património da Humanidade.

A classificação, na categoria de bens culturais, foi atribuída no dia 30 de Junho na 36.ª sessão do Comité do Património Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), reunido em São Petersburgo, na Rússia.


Espanha vence Euro 2012

A Espanha conquistou o Euro 2012 ao bater por uns contundentes 4-0 a Itália, na final disputada domingo, 1, em Kiev, Ucrânia. Depois de ter arrumado com brilho a Alemanha nas meias-finais, a Squadra Azzurra soçobrou à arte e eficácia do «tiqui-taca» dos artistas da Roja, sob o comando de Vicente Del Bosque, em jogo apitado pelo português Pedro Proença. Para aqui chegar – e alcançar esse outro feito que é o de ser a ser a primeira selecção a conquistar três títulos continentais consecutivos – a equipa de Iniesta e Casillas teve no entanto de superar o seu maior obstáculo neste europeu que foi a meia-final com a nossa Selecção dirigida por Paulo Bento, adversário digno que só levou de vencida depois de 120 minutos sem golos, por pontapés da marca de grande penalidade.


Siza Vieira recebe <i>Leão de Ouro</i>

Image 10848

O Leão de Ouro de carreira na Bienal Internacional de Arquitectura de Veneza, em Itália, vai na edição deste ano para o arquitecto Álvaro Siza Vieira, anunciou dia 27 a organização deste prestigiado evento que decorrerá de 29 de Agosto a 25 de Novembro.

«É difícil imaginar um arquitecto contemporâneo que tenha tido uma presença tão consistente dentro da profissão como Álvaro Siza», afirmou Paolo Baratta, da direcção da bienal de arquitetura, em comunicado.

Álvaro Siza Vieira, 79 anos, natural de Matosinhos, receberá esta distinção - mais um reconhecimento da sua brilhante e notável carreira -, a 29 de Agosto, logo na abertura da bienal.


Gás e electricidade mais caros

Empresas e famílias passaram a ter desde domingo as suas facturas de gás e electricidade agravadas, em consequência dos novos aumentos das tarifas reguladas e transitórias, decididas pelo regulador energético. Estes novos aumentos correspondem a compromissos assumidos pelo Governo com a troika, com vista à liberalização do mercado do gás e da electricidade.

No caso do gás natural a tarifa regulada aumenta em 6,9 por cento, valor que vigorará até 31 de Dezembro, altura em que a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) anunciará um outro aumento, desta vez uma tarifa transitória, tendo em vista o mercado liberalizado. A partir dessa data, haverá revisão de tarifas transitórias de três em três meses.

Abrangidos por este aumento são os clientes domésticos com consumo anual inferior ou igual a 500 metros cúbicos, ou seja a maioria dos pequenos consumidores.

As empresas, por seu lado, verão a factura de gás agravada em 7,4 por cento.

Quanto às tarifas de electricidade, de acordo com a decisão da ERSE, o seu aumento é de dois por cento para os consumidores com potências contratadas iguais ou superiores a 10,35 KVA.



Resumo da Semana
Frases