Política alternativa no centro das Jornadas Parlamentares do PCP
Soluções para sair da recessão e do atraso

Será possível inverter o actual rumo de declínio, construir um País mais justo, conquistar o desenvolvimento, o progresso e a melhoria da vida das pessoas? A esta questão central formulada por Bernardino Soares no arranque das Jornadas Parlamentares do PCP realizadas em Beja a 8 e 9 de Outubro foi ainda o próprio a responder garantindo não só que sim – os trabalhos e suas conclusões assim o comprovaram – como esse é hoje o grande desafio para impedir o afundamento nacional.



Milhares na chegada da Marcha
Contra o Desemprego

A manifestação do adeus

Na manifestação de encerramento da Marcha Contra o Desemprego, milhares de pessoas juntaram-se às colunas saídas do Minho e do Algarve. Muitas acenavam com lenços brancos, a sublinhar a exigência mais repetida no dia 13 pelos manifestantes, desde a Alameda D. Afonso Henriques e o Cais do Sodré até à Praça da Figueira e à Assembleia da República: mudar, quanto antes, de Governo e de política.



Com a força que a Marcha mostrou
A luta continua e cresce

Por onde passou, a «Marcha Contra o Desemprego, por um Portugal com Futuro» constituiu um exemplo e um estímulo para que decidissem organizar-se e lutar muitos mais trabalhadores no activo e reformados, homens e mulheres, jovens e idosos, desempregados ou à beira de o serem. Com a força que a Marcha mostrou, em oito dias e milhares de quilómetros, a luta para derrotar o Governo PSD/CDS e a política de direita vai continuar e crescer, com nova e importante etapa marcada para 14 de Novembro.



Eliminar a má despesa

Melhores condições <br>para a luta

Voltamos dia 31