Breves
Regeneração e requalificação

A Câmara de Alcochete aprovou, por maioria, um Orçamento de 17,9 milhões de euros para 2013, menos 2,8 milhões do que em 2012. «Se a conjuntura fosse outra a nossa proposta seria diametralmente oposta. Esta é uma redução que está relacionada com a conjuntura em que nos encontramos, com a adequação das capacidades financeiras da Câmara Municipal no que diz respeito à materialização de objectivos políticos», salientou Luís Franco, presidente da autarquia, explicando que a redução do Orçamento está relacionada com uma diminuição de 2,5 milhões na capacidade de investimento da autarquia, existindo também uma redução, menos significativa, em relação à despesa.

Luís Franco disse ainda que o Plano Plurianual de Investimentos comporta dois grandes objectivos: a regeneração da frente ribeirinha, que integra acções que estão previstas serem concretizadas durante o ano de 2013, e a requalificação de caminhos agrícolas, estando também previstas outras obras de menor dimensão.


A força necessária

No dia 13 de Janeiro há eleições intercalares para a Assembleia de Freguesia de Esmoriz, Ovar. A CDU apresenta-se com uma equipa, liderada por Albino Silva, e propostas capazes de trazer a estabilidade e o progresso à Junta e à Assembleia de Freguesia, colocando-as, efectivamente, ao serviço do povo e da cidade, como sempre devem estar, seja para as grandes questões, seja para o apoio na resolução dos «pequenos» problemas de cada um. Assim, para o próximo mandato, os candidatos da Coligação propõem «regularizar e tornar transparente o funcionamento da autarquia», «restabelecer relações de confiança frutuosa com as colectividades» da terra, adoptar «uma política de incentivo à educação» e instalar «uma mesa de voto na Praia, pelo menos». «As festas da nossa cidade estarão no centro da nossa actividade, assim como a animação da Praia na época balnear», acrescentam os candidatos, que não calarão a sua voz ante a Câmara Municipal e o Governo, «exigindo que se cumpra os investimentos necessários para Esmoriz, seja para a habitação social, a defesa da costa, o arranjo da rede viária ou a reabilitação da Barrinha de Esmoriz».


Trabalho e dedicação

António João Valério, 56 anos, professor, licenciado em História, é o candidato da CDU à Câmara Municipal de Alvito. A sua apresentação pública foi feita no passado dia 14 de Dezembro, num jantar onde esteve cerca de uma centena de pessoas.

Este é, segundo uma nota de imprensa, «um candidato nascido da ponderação e alargado consenso colectivo da estrutura concelhia do PCP e da CDU, por ser a solução que, no actual quadro, melhor serve os interesses da população do concelho e dos objectivos de reforço eleitoral da CDU, admitida sem rupturas ou reservas, incluindo dos actuais eleitos».

No jantar participaram e intervieram o actual presidente da autarquia, João Penetra, o candidato António João Valério, o representante do Partido Ecologista «Os Verdes», Afonso Rabaçal, e João Dias Coelho, da Comissão Política do CC do PCP.


Propostas com sentido

O executivo da Câmara do Porto aprovou, no dia 18, por unanimidade, duas propostas da CDU que visam a limpeza e a vedação de terrenos situados no Bairro do Aleixo. A primeira proposta, apresentada pelo vereador Pedro Carvalho, refere-se a uma encosta entre a Rua da Mocidade da Arrábida e a Rua Carvalho Barbosa, na zona da conduta de lixo até à cabine, em frente à zona onde se situava a torre 5 do Bairro do Aleixo. A proposta prevê que a Câmara «tome das diligências necessárias junto dos serviços para proceder à limpeza urgente da encosta», nomeadamente «ao nível da remoção de lixo, entulhos e vegetação, devolvendo as condições de segurança e salubridade ao local».

A outra proposta apresentada pelos comunistas prevê a limpeza urgente do terreno da antiga escola EB1 do Aleixo, bem como a reparação da vedação existente no local, nomeadamente na zona da entrada do estabelecimento de ensino.