Aconteu
Fugas nas gasolineiras aumentam com a crise

A Associação Nacional de Revendedores de Combustíveis (ANAREC) calcula que, diariamente, em todo o país, 750 clientes fujam das bombas de gasolina sem pagar o combustível com que abasteceram as suas viaturas.

Embora sem dispor de números exactos, a Associação afirma que este fenómeno aumentou significativamente a partir de 2010.

Já a CEPSA informou a agência Lusa de que, desde 2007, as fugas têm vindo a aumentar em número, valor e sofisticação, atingindo agora todas as zonas do País. A gasolineira acrescenta que, a partir de 2010, em «algumas estações de serviço, as fugas aumentaram exponencialmente».

Dados da Galp indicam que a maior parte dos casos de fugas depois do abastecimento ocorrem na Grande Lisboa (55%), seguindo-se as auto-estradas (25%), o resto do País (15%) e o Grande Porto (5%).


Memória do holocausto

Image 12378

O Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto foi assinalado em todo o mundo no domingo, 27, data em que as tropas soviéticas libertaram o complexo de extermínio nazi de Auschwitz-Birkenau (Polónia), em Janeiro de 1945.

Em 1944, com o avanço das tropas soviéticas, os militares alemães evacuaram os campos, destruíram as câmaras de gás e os crematórios e obrigaram a maioria dos prisioneiros a uma marcha forçada para Bergen-Belsen, na Alemanha.

No campo de concentração de Auschwitz, no complexo de extermínio de Birkenau e no campo de trabalho de Monowitz, onde a empresa IG Farben manteve a produção de combustíveis e borracha com trabalho escravo, morreram entre um milhão e um milhão e meio de pessoas desde o início da década de 1940.


Raul Castro eleito presidente da CELAC

O presidente cubano, Raul Castro, assumiu, na segunda-feira, 28, a presidência anual da Comunidade de Estados Latino-americanos e das Caraíbas (CELAC), que integra 33 países da região.

Ao receber as funções das mãos do presidente cessante, o chileno Sebastian Piñera, Raul Castro salientou que «para Cuba e para mim, é uma grande honra receber a presidência "pro tempore" da CELAC. Sinto que é um reconhecimento da abnegada luta do povo cubano.» E garantiu que irá chefiar a CELAC com «total apego ao direito internacional e à carta da ONU», rejeitando «a ingerência, a agressão, a ameaça e o uso da força».

A direcção da CELAC é agora formada por Chile, Cuba e Costa Rica, país que assumirá a presidência rotativa em 2014, juntamente com o Haiti, em representação da Comunidade das Caraíbas (Caricom).


Banco mais antigo do mundo afunda-se

O banco italiano Monte Paschi di Siena, fundado em 1472 e considerado a entidade bancária mais antiga do mundo, foi salvo da falência, dia 26, graças a uma injecção de capital público no valor de 3900 milhões de euros.

Agora o banco, o terceiro maior do país, procura um investidor capaz de trazer mais mil milhões necessários para sanear as contas. As autoridades investigam um grande número de contratos de derivados, efectuados entre 2006 e 2009, nos quais estão implicados o banco japonês Nomura e o alemão Deutsche Bank.

Entre o acusados por falta de fiscalização está Mario Draghi, actual presidente do Banco Central Europeu, que na altura das referidas operações chefiava o Banco de Itália.


Cuba destaca-se no transplante de rins

Image 12379

Ao longo dos últimos 42 anos, o sistema público de saúde de Cuba realizou com sucesso mais de 5100 transplantes, o que coloca a ilha ao lado das nações desenvolvidas.

Destes transplantes, todos gratuitos, 397 foram efectuados com dadores vivos, afirmou Alexander Marmol Sonora, responsável do programa de coordenação de transplantes no Ministério da Saúde Pública, citado, dia 24, pela agência oficial chinesa Xinhua.

O mesmo clínico salientou que é quatro vezes mais barato realizar um transplante renal do que manter o paciente sob um tratamento assente na diálise.


A vida e obra de Francine Benoit

Image 12380

Figura ilustre do panorama musical português do século XX, a vida e obra de Francine Benoit é-nos agora revelada num livro de Sofia Sousa Vieira, que acaba de ser editado pela Tropelias & Companhia.

Partindo de uma tese de doutoramento defendida na Universidade de Salamanca, o livro vem preencher uma lacuna da história da música portuguesa contemporânea. Nascida em França, em 1894, Francine Benoit veio para Portugal com apenas 12 anos e por cá se radicou, desenvolvendo uma intensa actividade como pedagoga, compositora e crítica musical.



Resumo da Semana
Frases