Aconteu
Pobreza ameaça 577 mil crianças

Image 12777

Um relatório da Caritas, baseado em dados de 2011, indica que mais de meio milhão de crianças portuguesas estão em risco de pobreza.

O estudo, intitulado «O impacto da crise europeia», tinha apurado inicialmente que a taxa de pobreza infantil em Portugal atingira os 22,4 por cento em 2010, acima da média da União Europeia a 25 (20,5%).

Entretanto, dados actualizados do Eurostat mostram que o risco de pobreza infantil no nosso País subiu para os 28,6 por cento em 2011, mantendo-se acima da média da UE25 que subiu para os 27 por cento.

Ora, segundo Instituto Nacional de Estatísticas, existem em Portugal dois milhões, 202 mil e 509 crianças (dos 0 aos 18 anos), o que significa que o risco de pobreza infantil ou exclusão social recai sobre 577 865 crianças.

Em conferência de imprensa, dia 6, o secretário-geral da Cáritas Europa, Jorge Nuno Mayer, salientou que a pobreza está a aumentar em todos os países onde foi realizado o estudo e a sua origem «está sempre ligada à pobreza das famílias».


Sintra acolhe espólio de Cid dos Santos

Image 12713

A CM de Sintra aprovou, dia 7, um protocolo que prevê o regresso ao concelho do valioso espólio artístico de Bartolomeu Cid dos Santos. O processo, conduzido pelo vereador da CDU e actual cabeça de lista à autarquia, Pedro Ventura, permitirá dentro em breve oferecer ao público uma colecção composta por 3600 trabalhos, desde gravuras, a desenhos, aguarelas e guaches, de Bartolomeu Cid dos Santos e de outros artistas nacionais e internacionais de renome, como Paula Rego ou Júlio Pomar.

A colecção ficará no Museu de Arte Moderna de Sintra (conhecido como Casino de Sintra) e, pela sua importância, irá colocar o concelho no panorama mundial da arte contemporânea, podendo desenvolver projectos com instituições internacionais de renome.

Nascido em Sintra, Bartolomeu Cid dos Santos faleceu em 21 de Maio de 2008, em Londres, com 77 anos de idade. Artista e intelectual com intensa actividade cívica e política, foi membro do MUD Juvenil nos anos 50, onde entrou pela mão do seu particular amigo, o pintor José Dias Coelho. Participou em todas as Bienais da Festa do «Avante!» e, antes e depois do 25 de Abril, criou numerosas obras para campanhas de solidariedade com causas progressistas em todo o mundo.


Sanções a sindicalistas são abuso de poder

A Confederação Europeia de Polícia (EuroCop) aponta Portugal, a par da Grécia, Hungria e Turquia, como um dos quatro países europeus onde a actividade dos sindicatos de polícia é condicionada.

Na resolução aprovada no seu congresso extraordinário realizado na semana passada em Barcelona, a EuroCop considera estas acções «como um abuso de poder do Estado», considerando que devem ser condenadas publicamente.


Filme de João Canijo vence festival checo

O filme «Sangue do meu sangue», de João Canijo, venceu o grande prémio do Festival Cinema Mundi, que terminou, dia 6, em Brno, na República Checa.

A película conquistou o prémio de melhor filme do festival, cujo júri era composto por estudantes da universidade de Brno.

«Sangue do meu sangue», o filme português mais visto em 2011, já percorreu 46 festivais de cinema, sete dos quais incluíram retrospectivas e homenagens a João Canijo.

Por conta desta produção, João Canijo recebeu já várias distinções, nomeadamente o Grande Prémio do Júri em Miami (EUA), o Prémio da Crítica Internacional, em San Sebastian, e o Prémio do Público no Festival Internacional de Cinema D’Autor de Barcelona. O filme de João Canijo foi ainda o candidato de Portugal a uma nomeação para os Óscares.


Leandro Vale distinguido pelo CinEuphoria

O blog de cinema CinEuphoria elegeu Leandro Vale como o melhor actor de curta-metragem, pelo seu desempenho no filme «Aqui Jaz a Minha Casa», de Rui Pilão, película que arrecadou seis prémios, entre eles também o de melhor realizador.

Os Prémios CinEuphoria 2013 foram entregues no dia 9, numa cerimónia que se realizou no Auditório Carlos Paredes em Benfica, Lisboa. Os galardões (um diploma/certificado impresso ou estatueta) são relativos à produção cinematográfica estreada no ano anterior em Portugal.


Rectificação

Na notícia sobre o falecimento do artista Eduardo Nery, publicada no número anterior, afirma-se erradamente que é da sua autoria o extenso painel de azulejos que ladeia a Avenida Calouste Gulbenkian. Na verdade, essa obra emblemática foi produzida por João Abel Manta em 1970 e aplicada no local em 1982. Ali perto, na Estação de Campolide, podem de facto ser vistos painéis de Eduardo Nery. Pelo lapso pedimos desculpas aos nossos leitores.



Resumo da Semana
Frases