Exposição evocativa de Álvaro Cunhal
Só até domingo!

Quem ainda não visitou a exposição evocativa do centenário do nascimento de Álvaro Cunhal, patente na Sala do Risco do Pátio da Galé, no Terreiro do Paço, ainda pode fazê-lo, mas só até domingo. E não se arrependerá.

Image 13308

Desde que a exposição abriu, a 27 de Abril, foram muitos milhares os que a visitaram: gente de várias idades, origens e convicções, anónimos e personalidades de diversas áreas, individualmente ou em grupos organizados. Fazendo o percurso pelas fotografias, audiovisuais, documentos, objectos, livros, desenhos e pinturas (alguns inéditos), reconstituições escultóricas, os visitantes saíram de lá mais conhecedores da profundidade e actualidade do pensamento de Álvaro Cunhal e mais esclarecidos acerca do exemplo da sua vida e da sua luta, intimamente ligadas ao seu Partido de sempre, que se confundem com a própria história de Portugal e do século XX.

Foram também muitos os que, para além da exposição, participaram nas diversas actividades que decorreram no Auditório, como a projecção de filmes, documentários, teatro, debates e leitura de obras, revelando as diversas dimensões de Álvaro Cunhal: o homem, o militante, o intelectual e o artista. Foi neste espaço que, no passado fim-de-semana, se realizaram várias iniciativas. No dia 24 ao início da noite, Pedro Guerreiro, do Secretariado, Aurélio Santos e Tiago Vieira abordaram diversos aspectos relacionados com o pensamento e acção de Álvaro Cunhal e a luta internacionalista. No sábado à tarde, depois de uma manhã preenchida com adaptação para teatro do conto infantil «Os Barrigas e os Magriços», pelo Teatro do Zero, Luísa Araújo, do Secretariado, e Armindo Miranda, da Comissão Política, salientaram algumas vertentes essenciais da obra «O Partido com Paredes de Vidro».

A exposição tem entrada livre e pode ser visitada hoje e domingo entre as 10h00 e as 20h00 e amanhã e sábado entre as 10h00 e as 22h00. As visitas guiadas realizam-se mediante inscrições no local ou sujeitas a marcação prévia, no caso de grupos organizados, através do endereço marcarvisitaexposicao@pcp.pt.

 

Iniciativas no auditório

 

Sexta-feira, 31 de Maio

Às 19h00

Exibição do vídeo «Álvaro Cunhal: Vida, Pensamento e Luta» e debate «A vida deu-lhe razão», com Francisco Lopes, dos organismos executivos do Comité Central, e os membros da Comissão Política Ângelo Alves e Vasco Cardoso

 

Sábado, 1 de Junho

Das 11h00 às 12h00

Teatro «Barrigas e Magriços», adaptação do conto infantil de Álvaro Cunhal pelo Teatro do Zero

 

Às 18h30

«Até Amanhã, Camaradas», à conversa com Joaquim Leitão, realizador, e Ana Margarida Carvalho, jornalista da revista «Visão», seguido de leituras alternadas da obra pelos actores André Albuquerque e António Olaio



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: