Aconteu
Emprego continua em queda

O número de pessoas com emprego em Portugal diminuiu 2,4% no terceiro trimestre deste ano, em comparação com o mesmo período de 2012. De acordo com os dados divulgados, dia 13, pelo gabinete oficial de estatísticas da União Europeia, na comparação homóloga, Portugal registou a quarta maior queda no emprego, ultrapassada apenas pelo Chipre (-6%), pela Grécia e Espanha (-2,9% cada).

Ainda em termos homólogos, a União Europeia e a zona euro sofreram uma diminuição do número de pessoas empregadas de 0,8 por cento e 0,3 por cento, respectivamente. Segundo o Eurostat, no terceiro trimestre de 2013 havia 223,2 milhões de pessoas com emprego na União Europeia e 145 milhões ao nível da zona euro.

 


Portugal privilegia religião

Um relatório internacional, que analisa os direitos dos grupos não religiosos em 198 países, considera que existe em Portugal uma «discriminação sistémica» contra humanistas, ateístas e não religiosos.

O estudo, divulgado dia 11, foi elaborado pela União Internacional Ética e Humanista (IHEU), sedeada em Londres, aponta a concordata com a Igreja Católica e outros acordos negociados com o Governo que beneficiam grupos religiosos, como um «sistema que não é extensível aos humanistas, secularistas ou a outros grupos filosóficos».

O relatório conclui que existe uma «proeminência discriminatória das organizações, tradições e líderes religiosos», «um sistema que privilegia a religião» e «taxas e dízimos que discriminam, através da exclusão, os grupos não religiosos».

 


Novo CD no aniversário de Lopes-Graça

A Associação Lopes-Graça promoveu, anteontem, 17, uma sessão comemorativa do 107.º aniversário do célebre compositor, em que foi lançado o CD/Livro das Canções do 25 de Abril – 13 Canções Heróicas, com música de Lopes-Graça para voz (Celeste Amorim) e piano (Madalena Sá Pessoa).

A apresentação da obra esteve a cargo de José Casanova, director do Avante!.

Na sessão, realizada na Sala de Teatro do Clube Estefânia, actuou ainda o Coro Lopes-Graça da Academia de Amadores de Música, dirigido pelo seu Maestro José Robert, que interpretou canções da Natividade e Heróicas, estas últimas recitadas por Manuel Diogo.

 


China explora Lua

A China conseguiu fazer chegar uma sonda espacial à Lua, proeza até agora só realizada pela União Soviética e pelos Estados Unidos. A alunagem da sonda «Chang'e-3» ocorreu às 21,12 horas (13,12 horas em Lisboa) de dia 14, depois de ter sido lançada a 2 de Dezembro

A nave transportou um veículo robotizado, apelidado de «Yutu» (coelho de jade), que irá proceder a diversas investigações científicas.

Esta que é a primeira alunagem do século XXI foi considerada pelo porta-voz da Administração Estatal para a Ciência, Tecnologia e Indústria de Defesa Nacional, Wu Zhijian, como a missão «mais complexa» jamais realizada pelo programa espacial chinês.

O «Yutu», tem seis rodas e está equipado com quatro câmaras e dois braços mecanizados. Pesa 140 quilogramas e move-se a energia solar. Irá coligir dados sobre estrutura geológica e as substâncias existentes na superfície lunar.


Faleceu Nadir Afonso

O pintor Nadir Afonso faleceu, dia 11, aos 93 anos, no Hospital de Cascais, onde se encontrava internado.

Pintor e arquitecto, foi uma das figuras chave da arte portuguesa das últimas sete décadas.

Diplomado pela Escola Superior de Belas Artes do Porto, trabalhou com arquitectos de renome como Le Corbusier e Óscar Niemeyer, mas viria a trocar esta área pela pintura, alcançando reconhecimento internacional.

Estudou pintura em Paris e foi um dos pioneiros da arte cinética, trabalhando ao lado de Victor Vasarely, Fernand Léger, August Herbin, Cândido Portinari e André Bloc.

Foi distinguido com vários prémios de pintura e condecorado com o grau de Oficial (1984) e de Grande-Oficial da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada (2010).


Memórias de Chico Galiza

Francisco Presúncia Bonifácio, mais conhecido por Chico Galiza, acaba de publicar as suas memórias, que nos remetem para a dura luta contra o fascismo.

Membro do Comité Local de Alpiarça do PCP, entra na clandestinidade em 1959. Com a sua companheira Manuela e a sua filha Noémia, nossa camarada de redacção, desempenha importantes tarefas partidárias em várias regiões do País, sem nunca cair nas garras da PIDE. De tudo isto nos fala no seu interessante testemunho, que será apresentado publicamente, dia 11 de Janeiro, na Biblioteca Municipal de Alpiarça.

 



Resumo da Semana
Frases