Milhares em Lisboa exigem demissão e eleições
A luta abre caminho

No sábado, muitos milhares de pessoas compareceram na manifestação que a CGTP-IN promoveu em Lisboa, pela demissão do Governo e para pôr termo à política de direita. Ao anunciar um grande protesto nacional para 10 de Julho, Arménio Carlos sublinhou que «está nas nossas mãos e na nossa luta a possibilidade de abrir caminho a uma política de esquerda e soberana, que assegure ao povo e ao País um futuro de desenvolvimento, progresso e justiça social».



MEC anuncia número de escolas a abater
Atentado à Escola Pública

À socapa, pela calada do fim-de-semana e sem revelar quais são, o Ministério da Educação e Ciência anunciou o encerramento de 311 escolas do 1.º ciclo do Ensino Básico.



Governo anuncia novos cortes na Administração Pública
Trabalhadores repudiam ofensiva

Sindicatos e associações profissionais exortam os trabalhadores a defenderem os direitos consagrados na Constituição, face à perspectiva de novos cortes e congelamentos salariais.



Em defesa das 35 horas

Faltam enfermeiros

Aquece a luta na SPdH

Desenvolver o Algarve

Feriado roubado

Intensificar a luta para abrir caminho à ruptura
Resposta à exploração <br>e ao desastre

A «hecatombe eleitoral» do PSD e do CDS a 25 de Maio foi «a confirmação do profundo desejo dos portugueses de romper com a política de direita» e «dá ainda mais força à continuação da luta por uma política alternativa, de esquerda e soberana», tanto mais necessária quanto o Governo se confirma como «inimigo público dos trabalhadores e do povo».



Nas ruas do Funchal

Ofensiva global <br>na legislação laboral

PCP com quem combate

Breves