«Não ao roubo do nosso património»
Viticultores em defesa da Casa do Douro
Protesto saiu à rua

Em defesa da Casa do Douro e em protesto contra a alteração dos seus estatutos para associação de direito privado e de inscrição obrigatória, mais de uma centena de viticultores manifestaram-se, quinta-feira, em Peso da Régua.

 

LUSA

Image 16292

Em carros, tractores ou a pé, os viticultores partiram da Estação de Comboios de Peso da Régua em direcção à sede da Casa do Douro, organização representativa da lavoura duriense criada em 1932. Pelo caminho gritaram palavras de ordem como «Não ao roubo do nosso património» e «A Casa do Douro é nossa», enquanto empunhavam cartazes que diziam «Não ao roubo do nosso património» e «O Governo e as exportadoras estão a matar a casa do Douro».

A alteração legislativa dos estatutos da instituição, proposta pelo Governo, foi discutida no dia 27 de Junho na Assembleia da República, tendo baixado à Comissão de Agricultura. O plano governamental para resolver o problema da dívida de 160 milhões de euros da Casa do Douro inclui a extinção do actual estatuto de associação pública e de inscrição obrigatória para todos os viticultores, bem como um acordo de dação em cumprimento, em que o Estado aceita ressarcir-se através da entrega de vinho por parte da organização. Este acordo foi já rejeitado pela Direcção da Casa do Douro.

«Com esta proposta, o Governo prepara-se para extinguir a Casa do Douro», afirmou, em declarações à Lusa, Berta Santos, dirigente da Associação dos Vitivinicultores Independentes do Douro (Avidouro), estrutura que promoveu o protesto. «Não é sério aquilo que o Governo está a fazer», que é «juntar o saneamento financeiro da Casa do Douro e a alteração estatutária. Uma coisa não obriga a outra, mas está a chantagear a organização dizendo que só se faz o saneamento se houver alteração aos estatutos», salientou a dirigente da Avidouro, que teme um agravamento da situação da lavoura duriense, cujos rendimentos decresceram nos últimos anos, para além do abandono da vitivinicultura.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: