Prosseguem as jornadas de trabalho na Quinta da Atalaia
Construir a Festa <br>da fraternidade <br>e da camaradagem

Image 16558

A Festa do Avante! é diferente, desde logo pela forma ímpar como é construída e realizada: com a contribuição voluntária e dedicada de milhares de pessoas, militantes comunistas e não só, que, com o seu trabalho, erguem ano após ano uma cidade de três dias, onde a solidariedade, a fraternidade e a alegria são componentes essenciais, como aliás serão na sociedade pela qual lutam os comunistas e seus aliados.
Semana após semana, em milhares de horas de trabalho voluntário, constroem-se pavilhões, preparam-se estruturas, planificam-se e concretizam-se exposições e espectáculos.
Nos três dias da Festa, em incontáveis horas de trabalho, assegura-se também o bom funcionamento da Festa, nos bares e restaurantes, nos espaços comerciais, nas entradas, no posto médico, entre muitos outros serviços.
Participar nas jornadas de trabalho, até 5 de Setembro, sexta-feira, às 18 horas, altura em que abrem as portas da Quinta da Atalaia, ou durante a «Festa de Abril», lema da edição deste ano, no 40.º aniversário da Revolução dos Cravos, é ter o oportunidade de sentir e viver a Festa do Avante de uma maneira única que se repercutirá para sempre na memória. Informação disponível para o efeito nos centros de trabalho do PCP.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: