Aconteu
Galp tem 236 milhões de lucros

A Galp Energia registou lucros de 236 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, um aumento de oito por cento face ao apurado em igual período de 2013, anunciou a petrolífera na segunda-feira, 27.
Num comunicado, a companhia indica um crescimento de 5,3 por cento no ebitda – RCA (resultado bruto ajustado de custos de reaprovisionamento), o qual ascendeu aos 915 milhões de euros. No terceiro trimestre, este indicador aumentou 21 por cento, para os 379 milhões de euros.
A empresa revela que a margem de refinação teve uma recuperação significativa no terceiro trimestre, apesar de uma quebra de quase 17 por cento no preço do crude, aumentando quatro por cento, para 2,4 dólares por barril, processado entre Janeiro e Setembro.


Governo abusa na cobrança de IMI

A associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO) acusou, dia 23, o Governo de cobrar «indevidamente cerca de 244 milhões de euros» aos contribuintes, através Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI).
Em comunicado, a DECO refere que os contribuintes «estão a pagar em excesso, por a idade e o valor da construção dos imóveis não serem revistos de forma automática».
A Associação cita o jurista Joaquim Rodrigues da Silva, segundo o qual cada contribuinte poderia poupar, «se a lei fosse justa», 18,75 por cento do valor do IMI que paga, cuja receita total foi, em 2013, de 1300 milhões de euros.
Em finais de Outubro, a DECO solicitou uma audiência à ministra Maria Luís Albuquerque, mas não obteve resposta, concluindo que «não existe vontade nem interesse do Governo em pôr fim a uma injustiça fiscal».


Bronze no judo

O português Nuno Saraiva conquistou, dia 23, a medalha de bronze na categoria de 73 kg dos Mundiais de Juniores de Judo, em Fort Laudardale, Florida, EUA.
O judoca do Judo Clube da Marinha Grande, que já fora bronze nos Europeus, em 2013, impôs-se ao uzbeque Sharofiddin Boltaboev, derrotando-o por ippon.
Nuno Saraiva começou a jornada a vencer dois de três combates de apuramento, perdendo apenas nos quartos-de-final com o azeri Huseyn Rahimli.


Siza Vieira premiado nas Américas

O arquitecto Álvaro Siza Vieira foi distinguido pela edição inaugural do prémio Mies Crown Hall para as Américas, pelo edifício da Fundação Iberê Camargo, em Porto Alegre, Brasil.
A distinção foi atribuída, dia 22, em Chicago, onde está sediado o Instituto de Tecnologia do Illinois, promotor do galardão. O prémio inclui uma cátedra naquela escola e 50 mil dólares para «apoio de investigação» e uma publicação ligada ao tema de «Repensar Metrópolis».
O prémio Mies Crown Hall para as Américas, além de avaliar o estado da arquitectura, procura também «mostrar a estudantes como construir trabalhos – públicos ou privados, culturais ou comerciais – para reforçar a dimensão pública do espaço urbano».


A reforma dourada de Durão Barroso

Durão Barroso, de 58 anos, que termina oficialmente, no sábado, 1, o seu mandato na presidência da Comissão Europeia, vai receber uma pensão vitalícia de 132 mil euros por ano, o equivalente a 11 mil euros por mês.
A notícia foi avançada pela imprensa britânica, que dá conta da indignação dos deputados britânicos que apontam o dedo à «ganância e arrogância dos gatos gordos da UE».
No regresso a Portugal, Durão Barroso vai receber ainda um subsídio de «transição» e de «reintegração» durante os próximos três anos, que pode chegar aos 200 mil euros, por cada ano.
Para além disso, o antigo primeiro-ministro vai ganhar também um salário extra de 25 mil euros, mais despesas de deslocação.


«Escola Pública» de Mário Nogueira

«O Futuro da Escola Pública» é o título do livro da autoria de Mário Nogueira, secretário-geral da FENPROF, que analisa o estado do ensino nos seus diferentes níveis e recorda a acção negativa dos sucessivos governos, violando a Constituição da República e a Lei de Bases do Sistema educativo.
A obra, que assume o confronto com a política educativa do Governo PSD/CDS-PP, teve uma sessão de lançamento original, realizada dia 15 de Outubro, em frente ao Ministério da Educação.
Como então referiu, Mário Nogueira aceitou desafio da Editora Nova Vega, vendo aí uma oportunidade para fazer a acusação de quem tem de ser julgado pelos crimes que comete todos os dias contra o sistema público de ensino.



Resumo da Semana
Frases