8.ª Assembleia da Organização Regional do Algarve do PCP
Um Partido forte, unido e determinado

O PCP está mais forte, mais coeso e mais capaz de fazer frente às exigências colocadas por uma situação social e económica cujas consequências brutais se abatem sobre os trabalhadores e o povo do Algarve. Esta realidade foi amplamente demonstrada na 8.ª Assembleia da Organização Regional do PCP, realizada no sábado, 29, em Faro, que aprovou igualmente as orientações necessárias para prosseguir e consolidar os avanços alcançados.



Comício na Baixa da Banheira e almoço em Alenquer
Romper com a política de direita

Num comício na Baixa da Banheira e num almoço em Alenquer, Jerónimo de Sousa reafirmou a urgência de prosseguir e intensificar a luta pela demissão do Governo.



Jerónimo de Sousa com independentes em Coimbra
Alargar a frente social de luta

Organizações definem objectivos
Prioridade ao reforço do Partido

As assembleias das organizações assumem, no quadro do reforço do Partido, um papel preponderante, pelo que representam de discussão e decisão colectivas e de responsabilização de militantes.



Acção de contacto com os membros do Partido
Consolidar e potenciar avanços

Resistir à ofensiva
O Partido de todas as lutas

Perante uma violenta ofensiva do Governo e do grande capital contra direitos económicos e sociais dos trabalhadores e do povo, o PCP assume-se como força determinante para as duras lutas que urge travar.



Travar a privatização

Encontro distrital de Évora sobre Poder Local
Afirmar um projecto ímpar

Soberania e independência

Médica e membro do Comité Central
Faleceu Maria do Pilar Vicente

Breves