Aconteu
Gás e electricidade<br>a preços exorbitantes

Portugal teve, no ano passado, a segunda tarifa mais alta do gás para uso doméstico da União Europeia (10,4 euros por 100 kWh), e a maior subida de preços (11,4%), segundo um estudo do Eurostat, divulgado dia 27.
De acordo com o gabinete oficial de estatísticas, o preço médio do gás na UE foi de 7,2 euros por 100 kWh, tendo a tarifa mais alta sido cobrada na Suécia (11,4 euros).
Os impostos representam 23 por cento do preço do gás doméstico em Portugal, onde também o preço da electricidade está acima da média europeia.
No segundo semestre do ano passado, os portugueses pagaram 27,4 euros por 100 kWh, ou seja, o sétimo valor mais elevado dos países da União Europeia, apenas superado pela Itália, Chipre, Espanha, Irlanda, Alemanha e Dinamarca.
O peso dos impostos representa 42 por cento do preço da electricidade, o qual teve um agravamento de 4,7 por cento no ano passado.


Nelson Évora condecorado

O atleta Nelson Évora, campeão mundial do triplo-salto em 2007 e campeão olímpico em 2008, foi condecorado, dia 27, com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique, numa homenagem ao desporto nacional, promovida pela Presidência da República.
Além de Nélson Évora, outros 15 atletas foram agraciados, nomeadamente o atleta paralímpico Carlos Lopes, os canoístas Emanuel Silva e Fernando Pimenta, o atleta Francis Obikwelu, os antigos velejadores José Manuel Gentil Quina e Mário Gentil Quina e a triatleta Vanessa Fernandes, que receberam o grau de Grande-Oficial.


C@ntar Abril com Lopes-Graça

O Coro Amigos da Música apresentou, pela última vez, dia 30, o espectáculo "C@ntar Abril com Lopes-Graça» no Casino de Espinho.
Criado em 2014 a propósito dos 40 anos do 25 de Abril, o espectáculo foi enriquecido com as participações do actor António Capelo e do pianista Luís Duarte.
Os tempos da ditadura e dealbar da madrugada de Abril são contados através de «Canções Regionais Portuguesas» e de «Canções Heróicas», da autoria de Fernando Lopes-Graça, entremeadas com poemas, textos e testemunhos de autores vários.


Sporting vence Taça de Portugal

O Sporting Clube de Portugal conquistou, no domingo, 31, a Taça de Portugal de futebol, ao derrotar o Sporting de Braga por grandes penalidades, após um empate a dois golos no final do tempo regulamentar.
Foi a 16.ª Taça de Portugal na história do clube e o primeiro título dos últimos sete anos.
Dois dias antes, foi a vez de o Benfica ganhar a Taça da Liga, numa final realizada em Coimbra, onde venceu o Marítimo por 2-1. O clube da Luz venceu assim pela sexta vez esta competição.


Feira do Livro abriu<br>em Lisboa

A Feira do Livro abriu ao público, dia 28, no Parque Eduardo VII, com a participação recorde de 123 livreiros e 271 pavilhões.
O tradicional certame, que já vai na sua 85.ª edição, decorre até dia 14, com uma agenda recheada de iniciativas e eventos para todas as idades.
Os mais novos podem participar no «Acampar com histórias», proposta dirigida a crianças entre os 8 e os 12 anos que inclui uma noite na Estufa fria entre livros e contos.
Neste grande espaço do livro é dedicado um espaço à gastronomia, com uma cozinha que realiza demonstrações culinárias.
O programa inclui um encontro literário, um ciclo de debates sobre temas da actualidade, bem como apresentações de livros e sessões de autógrafos.


Memórias da revolução<br>de Jorge Sarabando

«O 25 de Novembro a Norte – o processo revolucionário no anos de 1975» é o título do novo livro de Jorge Sarabando, que recorda os acontecimentos que marcaram o chamado «Verão quente».
Editado pela Associação de Jornalistas e Homens de Letras do Porto, a obra, prefaciada por José Vale Moutinho, foi lançada, dia 29, no Porto, numa sessão que contou com a intervenção do historiador e professor Manuel Loff.



Resumo da Semana
Frases