Soluções por uma vida melhor

Também a voz das gentes do Sul do País ecoou, em bom som, na Avenida da Liberdade, com justas reivindicações e soluções para uma vida melhor. «Pela libertação do garrote da dívida, da dependência e do domínio do grande capital», lia-se na faixa que abria a desfile das gentes de Setúbal, Litoral Alentejano, Évora, Beja, Portalegre e Algarve. Muitas outras se seguiam, reclamando a necessidade, como pão para a boca, de «mais emprego, salários, direitos e serviços públicos».

Como não podia deixar de ser, a luta dos trabalhadores, dos desempregados, dos reformados, dos pescadores, dos agricultores, dos utentes, entre outros sectores da população, esteve presente, dando a conhecer os seus problemas e anseios, e demonstrando, com determinação e coragem, o seu apoio à CDU. No desfile defendeu-se, de igual forma, «o Poder Local Democrático» e a «reposição das freguesias extintas», «uma nova lei da renda apoiada», o «Serviço Nacional de Saúde», assim como «cultura e associativismo por um Portugal com futuro».

A Marcha contou também com a presença de uma animada delegação da CDU da Madeira, bem como de uma carrinha da Festa do Avante! divulgando aquele que é o maior evento político-cultural do nosso País, que este ano se realiza a 4, 5, e 6 de Setembro.

 

 

O Barco S. Jorge trouxe do Barreiro largas centenas de pessoas para a Marcha «A força do povo». A embarcação ostentava na popa uma enorme faixa onde se lia: «Pelos valores de Abril no futuro de Portugal», que os manifestantes levaram depois para o desfile na Avenida da Liberdade.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: