- Edição Nº2200  -  28-1-2016

Projecto colectivo e imparável

Para todos quantos, com inigualável entusiasmo e dedicação, se empenharam na construção da candidatura de Edgar Silva, os resultados alcançados no domingo têm um sabor amargo. Mais do que ninguém, estes sabem – porque o sentiram e viveram – como esta candidatura suscitou esperanças, despertou energias e mobilizou vontades. Isto é visível nas imagens que publicamos das acções realizadas nos últimos dias, nos distritos de Setúbal, Lisboa, Porto e Braga.

Mas não há resultados eleitorais capazes de apagar o carácter ímpar da candidatura de Edgar Silva e do colectivo imenso a que deu expressão; o projecto que corporizou é, também ele, inapagável, pois radica nas aspirações mais profundas dos trabalhadores e do povo.

Na luta pela transformação da sociedade, os comunistas e os seus aliados contam apenas consigo próprios e com as forças imensas do seu colectivo, dos trabalhadores e do povo. Contra si levantam-se poderosos adversários, que dominam a economia e os órgãos de comunicação social e condicionam decisivamente as opções dos eleitores e dos próprios órgãos de decisão política. É esta luta profundamente desigual que travamos e é esta luta por um Portugal com futuro que teremos que vencer. E venceremos!