Renegociação da dívida pública
Condição de desenvolvimento<br>e soberania

A renegociação da dívida pública nos seus prazos, juros e montantes é, para o PCP, uma condição essencial ao desenvolvimento do País e ao exercício pleno da soberania nacional. A proposta foi feita pela primeira vez pelo Partido há cinco anos e desde então «tem vindo a fazer caminho», destacou Jerónimo de Sousa na sessão pública que o PCP promoveu anteontem, 5, em Lisboa, na qual participaram também o membro do Comité Central Agostinho Lopes, o deputado Paulo Sá, o economista José Lourenço e os professores Ricardo Paes Mamede e Sandro Mendonça.



Lutar pela renegociação da dívida pública
Um direito do povo

O serviço da dívida pública portuguesa é um fardo pesadíssimo que compromete o presente e o futuro do País. Esta foi uma das conclusões saídas da sessão pública anteontem promovida pelo PCP.



PCP evoca em sessão o 40.º aniversário
da Constituição da República

Hoje e sempre<br>os valores de Abril

O PCP assinalou com iniciativas várias o 40.º aniversário da Constituição da República. Ponto alto desse programa foi a sessão realizada domingo, 2, em Lisboa, com a participação do seu Secretário-geral, Jerónimo de Sousa.



Jerónimo de Sousa na sessão do PCP
evocativa dos 40 anos da Constituição

O povo que a construiu a defenderá

Plenário de Quadros
da Organização Regional de Lisboa

O Partido a discutir o Congresso

Centenas de militantes do PCP participaram, faz hoje uma semana, na Casa do Alentejo, numa reunião de abordagem ao documento proposto para a primeira fase de discussão do XX Congresso do Partido, que se realiza a 2, 3 e 4 de Dezembro deste ano.



Reunião de quadros do Algarve
A Festa em preparação

O auditório da Junta de Freguesia de Olhão acolheu, no domingo, a reunião regional de quadros do Algarve do PCP sobre a preparação da Festa do Avante!.



Mais Espaço, Mais Festa. Futuro com Abril
Ousadia e determinação

PCP combate precariedade
Estímulo à unidade e à luta

A campanha nacional do PCP «Mais Direitos, Mais Futuro. Não à Precariedade» continua a desenvolver-se em todo o País, junto as empresas e locais de trabalho.



Reforçar e lutar em Gondomar

Travar o enfraquecimento da PJ

Medidas urgentes para a A 14

Breves
DELIBERADAMENTE