Revolução dos Cravos celebrada
com alegria e luta

<font color=0039dd>Muitos mil para continuar Abril</font>

Um pouco por todo o País, múltiplas e variadas iniciativas ocorrem no dia 25 de Abril, bem como na noite anterior, para recordar a gesta libertadora dos militares de Abril e a vontade do povo na mudança para um Portugal mais justo, solidário e fraterno.
Numa das maiores manifestações de sempre do 25 de Abril em Lisboa, milhares de pessoas desfilaram do Marquês do Pombal à Praça do Rossio, mostrando que permanecem bem vivos os valores da Revolução dos Cravos.



Mega almoço em Loures no aniversário do 25 de Abril
<font color=0039dd>Inabalável confiança no futuro</font>

No concelho de Loures o aniversário da Revolução do 25 de Abril foi comemorado no domingo, 24, com um mega almoço onde se reafirmou a fidelidade aos seus valores, que são força e guia de acção para a construção de um Portugal desenvolvido, de progresso e justiça social.



Intervenção de Jerónimo de Sousa
<font color=0039dd>Almoço comemorativo<br>do 25 de Abril<br>no Pavilhão José Gouveia,<br>em S. João da Talha, Loures</font>

Rita Rato na AR
<font color=0039dd>Dignidade e direitos</font>

A maravilhosa epopeia da Festa
E à quadragésima chegamos<br>ao Cabo

A 40.ª edição da Festa do Avante!, que tem lugar no próximo mês de Setembro, será inesquecível, por se realizar pela primeira vez num terreno maior e ainda mais ligado ao rio, resultante do seu alargamento à Quinta do Cabo. Em ano de redondo e significativo aniversário, recordamos as aventuras e desventuras da Festa – desde a antiga FIL ao Jamor, passando pela Ajuda e o Infantado, até à Quinta da Atalaia –, que, como Álvaro Cunhal afirmou em 1976 e a história confirmou, é a «maior, a mais extraordinária, a mais entusiástica, a mais fraternal e humana jamais realizada no nosso País».



Todos ao 1.º de Maio para defender, repor e conquistar
Avançar com a luta

Para as comemorações do Dia Internacional dos Trabalhadores, o lema da CGTP-IN é «Avançar pela mudança, defender, repor, conquistar» nas áreas do emprego, da contratação colectiva, dos salários, dos direitos, das 35 horas semanais e dos serviços públicos.