Aconteu
Resgate da Banca<br>afundou contas públicas

As medidas de apoio ao sistema financeiro adoptadas entre 2007 e 2015 agravaram significativamente o défice e a dívida pública do País.
Segundo uma nota do Banco de Portugal, em que pela primeira vez é revelada informação sobre a matéria, os apoios estatais fizeram aumentar o défice público em sete por cento do Produto Interno Bruto (PIB de 2015), o equivalente a 12,6 mil milhões de euros.
No mesmo período, as medidas direcionadas ao sistema financeiro agravaram a dívida pública em 11,5 por cento do PIB, ou seja, 20,6 mil milhões de euros.


Reduzir portagens<br>aumentará receita

Um estudo da empresa Infraestruturas de Portugal (IP), realizado ainda a pedido do anterior governo, conclui que a descida das portagens nas chamadas Scut geraria um aumento da receita.
Segundo noticiou, dia 3, a estação de rádio TSF, a receita global poderia aumentar cerca de 22 milhões de euros, caso o valor das portagens fosse reduzido.
Os ganhos em receitas seriam particularmente grandes na A23 (autoestrada da Beira Interior), bem como na A22 (Via do Infante, Algarve). Neste dois casos, a redução de 15 por cento nos valores cobrados, aumentaria a receita em mais de cinco milhões de euros, em cada uma destas vias.


Documentos de Macau<br>na Memória do Mundo

Mais de 3600 documentos oriundos de Macau passaram a integrar o Programa Memória do Mundo da UNESCO.
A decisão, divulgada dia 1, refere-se a mais de 3600 documentos que integram a coleção «Chapas Sínicas», do acervo do Arquivo Nacional da Torre do Tombo.
A colecção documenta e ilustra as relações luso-chinesas desenvolvidas entre o procurador do Leal Senado de Macau e as diversas autoridades chinesas, abrangendo cronologicamente um período entre 1693 e 1886.
A candidatura resultou de um protocolo assinado entre o Instituto Cultural de Macau e a direcção-geral do Livro e Arquivo e das Bibliotecas de Portugal.


Crianças vulneráveis<br>à pobreza

No Dia Mundial da Criança, a CGTP-IN lembrou que em Portugal «as crianças são um dos grupos mais vulneráveis à pobreza e à exclusão social», sendo ainda, segundo a UNICEF, um dos países com maiores desigualdades no que toca ao rendimento das crianças.
A Intersindical reitera, por isso, a necessidade «urgente» de combater a pobreza e as desigualdades, prosseguindo «uma política que dignifique o trabalho, respeite os direitos das mães e dos pais trabalhadores, assegure a estabilidade do emprego, promova uma melhor distribuição dos rendimentos, aumentando os salários e as prestações sociais».


Muhammad Ali<br>morre aos 74 anos

O tricampeão mundial de boxe, na categoria de pesos pesados, Muhammad Ali, faleceu, dia 3, em Phoenix, no Arizona (EUA), após um longo combate com a doença de Parkinson.
Mundialmente conhecido pelas suas façanhas desportivas, Muhammad Ali ou Cassius Clay, segundo o nome de baptismo, teve uma carreira de 30 anos no boxe, conquistando 56 vitórias em 61 combates, incluindo 22 em campeonatos do mundo. Em 1996 acendeu a tocha olímpica em Atlanta e, em 1998, a ONU nomeou-o enviado da paz.
Fora do ringue, foi um lutador pelos direitos civis dos negros nos EUA, e desafiou o poder ao recusar-se a participar na guerra imperialista do Vietname, razão pela qual lhe retiraram o título de campeão do mundo em 1967 e o afastaram da modalidade por três anos.


A Praça de Jorna<br>em Alpiarça

O livro «A Praça de Jorna em Alpiarça – A Saga do Trabalho e da Dignidade», da autoria de Ricardo Hipólito, foi apresentado, dia 4, no âmbito de uma iniciativa da Câmara Municipal sobre a história do concelho, também associada a uma homenagem a Alfredo Lima, jovem trabalhador agrícola baleado pela GNR, em 4 de Junho de 1950.
A obra foca as praças de jornas e os conflitos gerados a partir de relações muito desiguais entre as partes, assim como dá destaque à morte de Alfredo Lima e à figura do dirigente comunista e expoente do neo-realismo, Soeiro Pereira Gomes, que teve um papel relevante nesta região do Ribatejo em defesa dos interesses e organização dos assalariados agrícolas.



Resumo da Semana
Frases