Precariedade nos Açores

O PCP promoveu em Ponta Delgada a sessão pública «Somos todos trabalhadores! Precários são os vínculos», integrada na campanha nacional «Mais Direitos, Mais Futuro. Não à Precariedade», que o Partido está a levar a cabo. Na sua intervenção, a deputada Rita Rato lembrou que a precariedade «não caiu do céu» e que com vontade política é possível erradicá-la. Esta é, para o PCP, uma questão fundamental, afirmou a deputada.

O coordenador regional do PCP, Aníbal Pires, centrou a sua intervenção na realidade do arquipélago, garantindo ser necessário acabar com a maioria absoluta do PS na Assembleia Legislativa Regional dos Açores para que seja possível adoptar uma «verdadeira política regional de combate à precariedade e de respeito e valorização dos trabalhadores». A par do desenvolvimento da luta dos próprios trabalhadores, acrescentou o deputado regional, é o reforço da CDU a melhor forma de evitar que essa maioria «continue a esmagar, a oprimir e a explorar os trabalhadores açorianos». A luta pelos direitos, pelo salário e pelo vínculo tem de passar também pelo voto nas eleições regionais de Outubro, concluiu.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: