Aconteu
Médicos exaustos<br>por excesso de trabalho

Um estudo realizado pela Secção Regional do Centro Ordem dos Médicos (SRCOM) conclui que 40,5 por cento destes profissionais apresentam sinais de exaustão emocional e que um quarto dos médicos obteve pontuação elevada na escala de depressão.
O estudo, divulgado dia 30, refere ainda que 15,9 por cento dos inquiridos trabalha 60 a 80 horas por semana, 2,8 por cento mais de 80 horas e 53,2 por cento entre 40 a 60 horas, sendo que mais de metade dos profissionais faz serviço de urgência.
Segundo Carlos Cortes, presidente da SRCOM, o fenómeno do «burnout» (conjugação de exaustão, despersonalização e não realização profissional) foi amplificado com a crise económica, notando que «a desorganização que reina no Serviço Nacional de Saúde tem um impacto muito negativo sobre os médicos».


TCB já operam<br>na Moita

Os Transportes Colectivos do Barreiro (TCB) começaram, na segunda-feira, 4, a operar no concelho da Moita, com percursos em Alhos Vedros, Baixa da Banheira e Vale da Amoreira.
O alargamento do serviço dos TCB resulta de um protocolo assinado entre os dois municípios em Dezembro de 2015, cuja legalidade foi contestada pela empresa privada Transportes Sul do Tejo.
O Tribunal Administrativo e Fiscal de Almada indeferiu as providências cautelares, mas os TST avançaram com uma nova acção alegando prejuízos para os seus interesses.


Robôs escrevem<br>notícias nos EUA

Uma quantidade significativa dos textos de conteúdo jornalístico publicados em páginas de Internet norte-americanas são elaborados por programas de computador, afirmou Martin Ford, autor do livro «Robôs», lançado dia 1 em Portugal.
Em declarações à Lusa, o autor revelou que o software gera uma nova história aproximadamente a cada trinta segundos e é utilizado por «meios de comunicação destacados», incluindo a revista Forbes, para produzir artigos automatizados, numa variedade de áreas, incluindo desporto, negócios e política, apesar desses meios não reconhecerem o uso da nova tecnologia.


Festival de Almada<br>abriu com música

A 33.ª edição do Festival de Almada abriu, na segunda-feira, 4, com um concerto sinfónico pela Orquestra Gulbenkian e duas exposições, uma com trabalhos cenográficos de Graça Morais e outra que revisita a obra de Ricardo Pais.
O cartaz do certame inclui 29 espectáculos de teatro, música e dança, num total de 51 produções, que sobem a palco até 18 de Julho, em 15 espaços de Almada e Lisboa.
O Festival apresenta produções oriundas de Alemanha, Argentina, Áustria, Estados Unidos, Noruega, Roménia e Suíça, com destaque para os encenadores alemães Thomas Ostermeier e Falk Richter, o francês Joel Pommerat ou ainda o ciclo «O Novíssimo Teatro Italiano».


Faleceu Camilo de Oliveira

O actor Camilo de Oliveira faleceu, dia 2, aos 91 anos, vítima de doença prolongada.
Em cerca de 70 anos de carreira, dedicados sobretudo à comédia e ao teatro de revista, fez parte de diversas companhias e actuou em vários palcos, designadamente nos teatros ABC e Variedades, no Parque Mayer ou no extinto Monumental, bem como no Sá da Bandeira, no Porto, entre outros. Protagonizou vários programas e séries televisivas que foram êxitos de audiência, por exemplo, «Camilo e filho», com Nuno Melo, «A loja de Camilo», com Rui Sá, ou «Camilo em sarilhos», com Maria Emília Correia.
Contracenou com uma enorme plêiade de actores, designadamente Io Appoloni, com quem se casou, Francisco Ribeiro (Ribeirinho), Costinha, Beatriz Costa, Vasco Santana ou Raul Solnado, entre tantos outros.


Museu Nadir Afonso<br>inaugurado em Chaves

O Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso, em Chaves, projectado pelo arquitecto Siza Vieira, foi inaugurado na segunda-feira, 4, com a presença do Presidente da República.
O edifício construído na margem direita do rio Tâmega alberga um auditório, salas de exposições temporárias e permanentes, arquivo, biblioteca, cafetaria e o atelier de Nadir Afonso.
A exposição inaugural «Nadir Afonso – Chaves para uma Obra» estará patente até ao final do ano.
Nadir Afonso, uma das grandes referências da arte portuguesa do século XX, licenciou-se em arquitectura e chegou a trabalhar com os arquitectos Le
Corbusier e Óscar Niemeyer.



Resumo da Semana
Frases