Aconteu
Telma Monteiro<br>conquista bronze olímpico

A judoca portuguesa Telma Monteiro conquistou, dia 8, a medalha de bronze na categoria de -57kg dos Jogos Olímpicos Rio 2016, ao bater a romena Corina Caprioriu por yuko (queda de lado do adversário).
A judoca portuguesa tinha eliminada nos quartos-de-final pela mongol Dorjsürengiin Sumiya, mas nas repescagens, venceu a francesa Automne Pavia e conquistou o acesso ao combate que a consagrou no pódio.Com 30 anos de idade, depois de cinco medalhas em campeonatos mundiais e 11 em europeus, a judoca do Benfica arrebatou, finalmente, a medalha olímpica que já tinha procurado em Atenas 2004, onde se classificou em 12.º lugar, em Pequim2008 (9.º lugar) e em Londres 2012 (17.º lugar).


Almada comemorou<br>os 50 anos da Ponte

A Câmara Municipal de Almada comemorou o 50.º aniversário da Ponte 25 de Abril com um programa de iniciativas que decorreram entre os dias 4 e 6.
Além de muita animação de rua na zona de Cacilhas, com ateliers para os mais jovens e uma área dedicada à gastronomia, população e visitantes puderam entrar a bordo de várias embarcações que estiveram atracadas no cais, nomeadamente as fragatas D. Fernando II e Glória, assim como a Caravela Vera Cruz e os veleiros NTM Creoula e Gulden Leeuw.
Na noite de dia 5 teve lugar um espetáculo de fogo-de-artifício que assinalou a inauguração da ponte a 6 de agosto de 1966.


Água da torneira<br>é segura em todo o País

A água das redes públicas de abastecimento é de boa qualidade em todo o País, revelou dia 4, a Entidade Reguladora dos Serviços de Água e Resíduos (ERSAR), com base em mais de meio milhão de análises realizadas em 2015.
«Passamos de uma qualidade muito boa para uma situação de excelência, e atingimos pela primeira vez, em 2015, 99 por cento de água segura, o que é considerado internacionalmente um nível de excelência», declarou à agência Lusa o director do Departamento da Qualidade da Água da Entidade Reguladora dos Serviços de Água e Resíduos (ERSAR).


Rui Vinhas<br>vence Volta a Portugal

O português Rui Vinhas venceu, dia 7, a Volta a Portugal em bicicleta, cuja décima e última etapa, entre Vila Franca de Xira e Lisboa, foi ganha pelo seu colega galego Gustavo Veloso, que conquistou o segundo lugar.
Portador da camisola amarela desde a terceira etapa, Vinhas, de 29 anos, partiu para os 32 quilómetros finais com 2.25 minutos de vantagem sobre o seu adversário, terminando o contra-relógio em quarto, a 54 segundos do galego.
Primeiro português a vencer a Volta desde 2011, Rui Vinhas (W52-FC Porto) foi acompanhado no pódio por Gustavo Veloso e por Daniel Silva (Rádio Popular-Boavista).


Rancho minhoto<br>distinguido em Itália

A Rusga Típica da Correlhã, de Ponte de Lima, venceu, dia 3, o festival internacional Rimini Fest, na Itália, numa competição disputada por 18 concorrentes, oriundos de vários países.
O agrupamento minhoto apresentou-se em palco com 55 elementos e obteve a melhor pontuação de um júri, que teve em conta a prestação dos dançarinos, músicos e cantadores, bem como a riqueza dos trajes.


Faleceu Fernanda Silva<br>directora do Festróia

Fernanda Silva, da Associação Cultural Festróia, faleceu, dia 3, aos 59 anos.
Em nota divulgada à imprensa, a Comissão Concelhia de Setúbal do PCP manifestou o seu pesar pelo desaparecimento de uma personalidade central na vida cultural da região e do País.«Fernanda Silva deixa o seu nome ligado à cidade de Setúbal devido ao trabalho extraordinário de divulgação e promoção da arte cinematográfica, ao mesmo tempo que desenvolvia uma estreita ligação com o mundo do cinema no plano nacional e internacional, numa actividade reconhecida pelos seus pares», refere a nota do PCP.
Figura incontornável na organização do Festival Internacional de Cinema de Tróia, de que foi directora entre 1995 e 2014, Fernanda Silva foi uma das vozes que denunciou os cortes drásticos dos apoios à cultura, motivo que levou ao cancelamento do Festróia em 2015, ao fim de 30 anos de edições consecutivas.



Resumo da Semana
Frases