Faltam 15 dias para
a Festa do Avante!
Militância que faz crescer<br>um projecto revolucionário

Que força colectiva é capaz de fazer crescer, com esforço e capacidade notáveis, uma cidade de três dias, maior, cada vez mais bonita, com melhores condições, para todos, poderá interrogar-se quem, pela primeira vez, participar nas jornadas de trabalho da Festa do Avante!. A resposta é facilmente compreendida quando se passam os portões da Atalaia.

Image 21014

Ali encontramos homens, mulheres e jovens, muitos simpatizantes do PCP, que, de forma voluntária, num ambiente de amizade, camaradagem, solidariedade e fraternidade, transportam consigo o empolgante projecto de construir a sociedade socialista e comunista.

«A alegria de viver e de lutar vem-nos da profunda convicção de que é justa, empolgante e invencível a causa por que lutamos. O nosso ideal, dos comunistas portugueses, é a libertação dos trabalhadores portugueses e do povo português de todas as formas de exploração e opressão», escreveu Álvaro Cunhal, no livro «O Partido com Paredes de Vidro».

Lugar para todos

No bar, bem de manhãzinha, com o sol ainda tímido, chegam e partem os construtores de tal proeza. Antes, durante ou depois do pequeno-almoço, este é o momento de distribuir tarefas, que serão concretizadas com dedicação, num esforço que tem um significado extraordinário. Nas mais simples ou mais complexas tarefas, há lugar para todos.

Nas estradas circulam veículos, alguns adaptados ao local, que transportam, num frenesim constante, materiais necessários para erguer o maior evento político-cultural do nosso País. Depois de colocados os tubos, estão já a ser pintadas as paredes de madeira, realizados elementos artísticos e colocados os toldos, que vão dar sombra e conforto aos visitantes. Simultaneamente, corta-se a relva e aparam-se os arbustos, ultima-se, por exemplo, o pavilhão que vai acolher o Espaço Ciência, no local onde se encontrava em 2015 o Espaço Central. Projecta-se ainda, num encadear de tarefas, onde vão ficar os pontos de água e de electricidade.

Atingir os objectivos

No espaço que se juntou à Quinta da Atalaia – adquirido através de uma Campanha Nacional de Fundos que atingiu os seus objectivos, fruto da contribuição de muitos membros do PCP e da JCP, de outros democratas e amigos do Partido e da Festa – estão a ser criadas avenidas, por onde vão passar muitos e muitos milhares de pessoas. Junto ao portentoso Espaço Central, está a ser feita uma praça, colorida e muito agradável, com uma vista deslumbrante, onde se realizará, na sexta-feira, às 19 horas, o Comício de Abertura da 40.ª edição da Festa do Avante!.

Entretanto, até ao dia 2 de Setembro, muito há ainda para fazer, sendo certo que quando abrirem as portas da Quinta do Cabo e da Quinta da Princesa tudo tem que estar pronto. Para tal, nos próximos 15 dias há que participar nas jornadas de trabalho, assim como vender as EP, divulgar o programa e organizar os turnos.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: