27 de Agosto 1859<br>– Nasce a indústria petrolífera

A primeira perfuração bem-sucedida de um poço de petróleo, a uma profundidade de cerca de 21 metros, ocorreu em Titusville, Pensilvânia, nos Estados Unidos, graças ao engenho de Edwin Drake. Percebendo que a mineração de petróleo a partir das exsudações naturais era muito lenta, Drake, um maquinista aposentado, lembrou-se de cavar o solo para acelerar o processo, mas o resultado foi decepcionante, já que as escavações eram facilmente inundadas por água. Resolveu então tentar a perfuração, com um método que já se utilizava para obter sal (produzindo água salina e deixando-a evaporar). Juntamente com William A. Smith, operador de sonda experiente, Drake desenvolve o seu sistema de perfuração, então considerado por muitos como a «Loucura de Drake» («Drake’s Folly»). Após vários falhanços, no dia 27 de Agosto de 1859 a perfuratriz (máquina que realiza perfurações em solo ou rochas) atingiu um reservatório e começou a produzir 10 barris por dia. A quantidade, inesperada, obrigou ao armazenamento em barris de uísque e na banheira. Nascia a indústria petrolífera. Cinco anos mais tarde, 543 companhias dedicadas à actividade já actuavam nos EUA.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: