Breves
Agressão aos povos

Reunião de Partidos Comunistas e Revolucionários da América Latina e Caribe, a decorrer em Lima, Peru, aprovou na segunda-feira, 29, uma moção em que condena e repudia o golpe de Estado no Brasil, considerando-o como uma agressão a todos os povos da região. Segundo a Prensa Latina, o documento solidariza-se com o povo brasileiro, Dilma Rousseff, PT, PCdoB e todas as forças progressistas. Sublinhando que os golpistas pretendem liquidar as conquistas democráticas, sociais e nacionais que o povo brasileiro alcançou durante os 13 anos de governos progressistas de Lula da Silva e Dilma Rousseff, a moção afirma que o golpe de Estado «faz parte da estratégia do imperialismo e das classes dominantes brasileiras para monopolizar o poder político, explorar o povo e saquear a nação».

 


Crianças afegãs subnutridas

Pelo menos um milhão de crianças afegãs com menos de cinco anos sofre de subnutrição, indica um relatório divulgado no início desta semana, que alerta para o facto de a subnutrição ser um «assassino silencioso» das crianças afegãs. Por cada mil nascituros, 55 morrerão antes de completar cinco anos, refere o documento, especificando que 82 por cento perderá a vida antes do seu primeiro aniversário.

A subnutrição é particularmente elevada entre a população deslocada, e agravou-se devido à guerra, afirma ainda a ONU, advertindo que só nos primeiros seis meses deste ano morreram 388 crianças devido aos confrontos entre forças afegãs e milícias. De acordo com o estudo das Nações Unidas, dois milhões e 700 mil afegãos sofrem de subnutrição.

 


Manta blindada

Cientistas russos criaram uma «manta blindada» para proteger os civis de estilhaços em zonas de conflito, anunciou a empresa NII Stali [Instituto do Aço], citada pela Lusa. Segundo a empresa, a manta pode ser usada para tapar janelas ou as próprias pessoas. A «manta blindada» e outros inventos da empresa vão ser apresentadas na feira «Exército-2016», que se realiza de 6 a 11 de Setembro nos arredores de Moscovo.