«15.º ano consecutivo sem actualizar os valores
das bolsas»
ABIC exige dignidade na investigação e no trabalho
Bolseiros contra atrasos

Candidatos a bolseiros de investigação manifestaram-se no dia 23, contra o atraso no concurso nacional de bolsas de doutoramento e pós-doutoramento da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).

Image 21714

O protesto, promovido pela Associação de Bolseiros de Investigação Científica (ABIC), sob o lema «Dignidade, na investigação, dignidade no trabalho», realizou-se à porta da FCT e contou com a presença de Ana Mesquita, deputada do PCP na Assembleia da República.

Numa carta entregue na FCT, a ABIC lembra que «o financiamento em ciência e investigação não permite condições de vida dignas, estabilidade no trabalho e na vida familiar para os investigadores em início de carreira, onde se encontram grande parte dos bolseiros de investigação e cujas bolsas não são actualizadas positivamente desde 2002».

«Não é aceitável que 2017 se confirme como o 15.º ano consecutivo sem actualizar os valores das bolsas», critica a associação, que exige da fundação «uma posição clara de valorização dos seus investigadores», em particular o «aumento das remunerações mensais dos investigadores contratados pela FCT», a «reposição dos subsídios retirados durante o governo anterior, como os referentes ao apoio à apresentação de trabalhos científicos e o apoio à formação complementar» e a «entrega directamente aos bolseiros dos valores referentes às propinas e outros custos administrativos, assim combatendo o aproveitamento das universidades que recebem da FCT e depois ainda vão cobrar novamente aos bolseiros».

A ABIC reclama ainda que os bolseiros sejam abrangidos pelo regime obrigatório de Segurança Social, uma vez que o Seguro Social Voluntário, ao qual os bolseiros têm acesso, não permite que em caso de doença se viva dignamente.

Entre outras medidas, a associação exige também a revogação do Estatuto do Bolseiro de Investigação, instrumento legal que, na prática, transforma o que seriam vínculos permanentes em bolsas, com toda a precariedade que lhes está associada.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: