Quinta do Braamcamp <br>é da população do Barreiro

A Câmara do Barreiro assinou, no dia 19, a escritura de aquisição da Quinta do Braamcamp, num acordo, avaliado em 2,9 milhões de euros, entre o município e o BCP.

«A Quinta do Braamcamp é da população do Barreiro», anunciou o presidente da Câmara Municipal, Carlos Humberto, salientando que aquele espaço será de «lazer e usufruto da população».

O eleito do PCP considerou que o acto, para o Barreiro, no distrito de Setúbal, constituiu um «momento de grande simbolismo e importância», resultado de «quase uma década de trabalho e contactos».

Em relação à requalificação da Quinta do Braamcamp, o autarca informou que a Câmara já está a trabalhar com uma equipa de arquitectos, de modo a que, em 2017, avancem as primeiras acções de limpeza.

Carlos Humberto salientou ainda que, no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano, que integra o Plano de Acção de Regeneração Urbana, foi apresentada uma candidatura para a reabilitação do Moinho de Maré e a requalificação do espaço público e dos espaços verdes da área da Quinta.

O eleito explicou que a requalificação da Quinta do Braamcamp está integrada num projecto mais alargado de requalificação da zona ribeirinha desde o Clube Naval até à Estação Sul e Sueste.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: