Nazis vandalizam sinagoga na Ucrânia

Um ataque anti-semita ocorreu na noite de 21 de Dezembro na localidade de Uman, no centro da Ucrânia.

Um grupo de nazis ucranianos irrompeu na sinagoga da zona onde se encontra o túmulo do rabino Nachman, visitado todos os anos em peregrinação por dezenas de milhares de judeus hassídicos, e vandalizaram o templo.

Segundo testemunhas, os atacantes nazis lançaram gás lacrimogénio, gritaram insultos anti-semitas, atiraram tinta vermelha às paredes e deixaram no local uma cabeça de porco que tinha uma cruz suástica gravada.

Algumas pessoas escaparam e chamaram a polícia, que chegou ao cenário dos acontecimentos já depois de os vândalos terem desaparecido. Até agora, não houve informações sobre o ataque nazi, nem foram detidos quaisquer suspeitos.

O rabino da sinagoga de Uman, Israel Elhadad, declarou à imprensa que dois cidadãos israelitas receberam tratamento hospitalar, após o ataque, e descreveu os atacantes como «neonazis».

Recorde-se que o líder do Partido Comunista da Ucrânia, Petro Symonenko, alertou diversas vezes para o perigo da repetição na Ucrânia dos mais trágicos e sangrentos acontecimentos do passado – ataques nazis contra judeus, assim como contra antifascistas e militantes de esquerda.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: