1906 – Nasce a Livraria Lello

Image 22337

«Quem vae percorrendo a sala, vê então a escada que é uma peça de surpreendente atracção, pela aparência de leveza que encobre a audácia da sua concepção. Sente-se o desejo de subi-la e sente-se o receio de que o nosso peso a faça abater». A descrição da famosa escadaria carmim, espécie de joia da coroa da Livraria Lello, no Porto, consta do Album Descriptivo desta que é sem margem para dúvidas uma das mais belas livrarias do mundo. Criada pelos irmãos Lello, conhecidos na cidade como os irmãos unidos, que entregaram ao engenheiro Francisco Xavier Esteves a construção do edifício, a Livraria Lello cativa o olhar desde logo pela sua inconfundível fachada de estilo neogótico, ladeada de pinturas do professor José Bielman, simbolizado uma a Arte e outra a Ciência. No interior encontramos os bustos de alguns dos mais importantes escritores portugueses: Eça de Queirós, Camilo Castelo Branco, Antero de Quental, Tomás Ribeiro, Teófilo Braga e Guerra Junqueiro. E a escada, claro, que dá acesso ao primeiro andar e permite apreciar o imponente tecto de gesso pintado, mas que qualquer um garantiria ser de madeira talhada. Ao longo de 2017, assinalando os seus 111 anos, a Lello oferece aos visitantes uma série de iniciativas culturais.

 


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: