XX Bienal de Artes Plásticas

Image 22400

Está lançada a 20.ª Bienal de Artes Plásticas da Festa do Avante!, que este ano se realiza a 1, 2 e 3 de Setembro. Iniciativa ímpar no País pela quantidade e qualidade dos artistas e obras presentes e pela dimensão de massas que assume em todas as edições, a Bienal tem uma história longa e valiosa de democratização do que de melhor se faz em Portugal ao nível das artes plásticas, tendo contado com a participação de alguns dos mais consagrados artistas nacionais.

As inscrições decorrem até 31 de Maio, num concurso aberto a «todas as obras e disciplinas consideradas hoje património do desenvolvimento das artes plásticas», como se lê no ponto 2 do regulamento, já tornado público. A ficha de inscrição pode ser descarregada em www.pcp.pt e para proceder à inscrição, como para obter informações adicionais, o endereço de correio electrónico é bienal@festadoavante.pcp.pt. É também possível enviar a inscrição pelo correio, desde que cumprindo os prazos fixados. No caso, o endereço é o do Centro de Trabalho Vitória, em Lisboa (Avenida da Liberdade, nº 170. 1250 – 146 Lisboa).

No regulamento estipula-se que cada concorrente pode apresentar um máximo de duas obras e que as obras a concurso podem ter autoria individual ou colectiva. Aberto a trabalhos das diversas disciplinas de artes bidimensionais e tridimensionais e de artes multimédia e performativas, o regulamento impõe limites: as obras de parede «não podem exceder dois metros de cada um dos lados», enquanto que as tridimensionais devem ter, quanto muito, «1,5 x 1,5 metros de chão».

A selecção do júri, da qual não há direito a recurso, será tornada pública durante o mês de Junho e a decisão final comunicada a todos os concorrentes até ao dia 26 do mesmo mês. Os trabalhos seleccionados deverão ser entregues até 15 de Julho num de seis centros de trabalho do PCP: Porto, Coimbra, Lisboa, Setúbal, Évora e Faro. O júri é composto por Jaime Silva, pintor e docente na Sociedade Nacional de Belas-Artes; Manuela Bronze, artista plástica e figurinista e docente na Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo do Instituto Politécnico do Porto; e Manuel Augusto Araújo, arquitecto e membro da Comissão Executiva da Bienal.

As condições de participação e os requisitos para apresentação a concurso estão expressos no regulamento.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: