Jerónimo de Sousa saudou CT

«Não se alterou a natureza da exploração, nem as CT se tornaram dispensáveis», pelo contrário, «continua a ter validade e actualidade o seu papel para a unidade dos trabalhadores», afirma o Secretário-geral do PCP, na saudação que enviou aos participantes no jantar de confraternização que, no dia 31 de Março, na Casa do Alentejo em Lisboa, celebrou a convocação do 20.º Encontro Nacional de Comissões de Trabalhadores.

Dirigindo-se aos actuais e antigos membros de CT e sub-CT de várias empresas, bem como de comissões coordenadoras sectoriais e regionais, presentes no convívio, mas saudando também «todos aqueles que, ao longo de mais de quatro décadas, deram a sua contribuição para criar e dinamizar o movimento das comissões de trabalhadores», Jerónimo de Sousa salientou que estas «poderão continuar a constituir um instrumento para a defesa dos seus interesses e direitos, com a consciência e reafirmação de que são comissões de e dos trabalhadores e não comissões de empresa».

O 20.º Encontro está convocado para 2 de Junho, por decisão tomada em Coimbra, no dia 23 de Março, numa reunião das coordenadoras de CT de Lisboa, Braga, Porto e Setúbal, que se constituíram em comissão organizadora.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: