Aconteu
Caso BPN termina com 12 condenações

José Oliveira Costa, fundador do Grupo SLN/BPN, foi condenado, dia 24, a 14 anos de prisão efectiva no julgamento do processo-crime principal do caso BPN, tendo sido acusado de quatro crimes e beneficiado de duas absolvições e uma prescrição.
O banqueiro foi condenado pela prática dos crimes de falsificação de documentos, fraude fiscal qualificada, burla qualificada e branqueamento de capitais.
Do total de 16 arguidos em julgamento, quatro arguidos foram condenados a penas de prisão efetivas, oito arguidos foram condenados a penas de prisão suspensas mediante o pagamento de indemnizações ao Estado, três arguidos foram absolvidos e a Labicer ficou fora das acusações depois de ter sido declarada insolvente e ter entrado em processo de liquidação.


Marionetas animam Montemor-o-Novo

Companhias e artistas portugueses e de seis outros países participam no X Encontro Internacional de Marionetas de Montemor-o-Novo, no distrito de Évora, a decorrer até ao próximo sábado, 3.
A iniciativa é promovida pela associação cultural Alma d’Arame, sediada em Montemor-o-Novo, numa coprodução com a câmara municipal, no âmbito do Projeto M, que abrange outras estruturas artísticas do concelho.
O encontro reúne 28 artistas, a solo ou integrados em companhias de teatro de marionetas, oriundos de Portugal, Espanha, Inglaterra, França, Brasil, Uruguai e Chile.


Ginastas vencem Taça do Mundo

João Martins e Carolina Dias conquistaram a medalha de ouro em ginástica acrobática, na Taça do Mundo disputada, dia 27, em Genebra, na Suíça.
Os ginastas lusos, atletas do Ginásio Clube Português, realizaram o melhor exercício na final da competição, somando com um exercício combinado um resultado de 29 980 pontos, em pares mistos.


Mário Castrim evocado em Lisboa

O jornalista e militante comunista Mário Castrim foi homenageado no dia 30, em Lisboa, num espectáculo realizado no Teatro Municipal de São Luiz. Dirigida pelo maestro António Victorino de Almeida e pela escritora Alice Vieira, companheira de Mário Castrim (falecido há 14 anos), a sessão constou de momentos de poesia e música e depoimentos sobre o homenageado, nos quais se traçou o seu percurso de jornalista, crítico de televisão, poeta, escritor, mestre da língua portuguesa, benfiquista e militante comunista.

O Presidente da República, o ministro da Cultura, a vereadora da Cultura do município de Lisboa, o jornalista Mário Zambujal, o crítico Correia da Fonseca e o Secretário-geral do PCP foram alguns dos oradores da noite. Na sua breve mas emotiva intervenção, Jerónimo de Sousa realçou a militância comunista «de muitas décadas» de Mário Castrim e a sua participação «com as armas da palavra, do saber e da cultura, nos combates da sociedade do seu tempo. Homem comprometido com a luta do seu povo pela liberdade, Mário Castrim foi e será sempre uma referência de uma forma exemplar de resistir, pelo simples rigor da inteligência, pelo combate diário contra a mediocridade e a ignorância, por uma cultura emancipadora».



PR condecora Pedro Caldeira Cabral

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou, dia 25, a condecoração do músico Pedro Caldeira Cabral, que está a celebrar 50 anos de carreira, com o grau de grande oficial da Ordem do Infante D. Henrique.
Nascido em 1950, em Lisboa, Pedro Caldeira Cabral estudou alaúde, viola da gamba e outros instrumentos antigos de corda e de sopro, e dirigiu os grupos La Batalla e Concerto Atlântico, interpretando música antiga em instrumentos históricos.



Resumo da Semana
Frases