Aconteu
Área ardida em máximos históricos

Os incêndios florestais já consumiram 15 184 hectares, uma área ardida quase 12 vezes superior ao mesmo período de 2016, revelou, dia 19, o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).
O relatório provisório do ICNF indica que entre 1 de Janeiro e 15 de Junho registaram-se 5760 ocorrências de fogo (1515 incêndios florestais e 4245 fogachos), mais 4525 do que em igual período de 2016, quando deflagraram 1235.
«Comparando os valores do ano de 2017 com o histórico dos últimos dez anos destaca-se que se registou mais 32 por cento de ocorrências e mais 58 por cento de área ardida relativamente à média verificada no decénio 2007-2016», lê-se no primeiro relatório sobre incêndios florestais publicado este ano.


População mantém tendência de decréscimo

A tendência de decréscimo da população portuguesa manteve-se em 2016, embora se tenha vindo a atenuar nos últimos três anos.
Segundo dados divulgados, dia 16, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), em 31 de Dezembro do ano passado a população residente em Portugal era constituída por 10 309 573 pessoas, menos 31 757 na comparação com 2015.
Este resultado traduziu-se numa taxa de crescimento negativa de 0,31 por cento, reflectindo a conjugação dos saldos natural e migratório negativos.
Nos últimos sete anos, a população de Portugal reduziu-se em 264 mil pessoas, acrescenta o INE.


Castro Verde classificado como reserva da biosfera

O concelho de Castro Verde foi classificado, dia14, como Reserva da Biosfera da UNESCO, anunciou o município.
A candidatura de Castro Verde, no distrito de Beja, foi aprovada, em Paris, França, pelo Conselho Internacional de Coordenação do Programa «O Homem e a Biosfera».
O concelho de Castro Verde tornou-se assim a 11.ª Reserva da Biosfera em Portugal, e a primeira a Sul do rio Tejo, inscrita na Rede Mundial de Reservas da Biosfera da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).


Cante alentejano incluído em ópera

«Soror Mariana Alcoforado, de Amílcar Vasques-Dias, estreada, dia 16, no Convento dos Capuchos, em Almada, é o primeiro espectáculo de ópera a integrar o cante alentejano.
Sob a direcção musical do maestro Brian MacKay, a ópera é protagonizada pela soprano Natasa Sibalic, e conta com a participação do cantador Pedro Calado, bem como de um coro de trinta vozes.
libreto, da autoria de Helena Nóbrega, baseia-se em «As Cartas de Uma Freira Portuguesa», publicadas sob anonimato em 1669.
O espectáculo insere-se num programa da Câmara de Almada que envolve alunos e professores.


Portugueses conquistam ouro no triatlo

O português João Pereira sagrou-se, dia 17, campeão europeu de triatlo, no Campeonato da Europa da modalidade, que decorreu em Kitzbuhel, na Áustria.
O atleta do Benfica terminou a prova em 1:45.31 horas, um segundo a menos do que o francês Raphael Montoya, segundo classificado, e quatro a menos em relação ao compatriota e colega de clube João Silva, que conquistou o bronze.
As cores nacionais voltaram a subir ao pódio com a vitória de Vasco Vilaça no escalão júnior.


Festival Liberdade atraiu milhares a Setúbal

Dezenas de milhares de pessoas afluíram, no último fim-de-semana, ao Parque Urbano de Albarquel, em Setúbal, para assistir a concertos e participar em actividades culturais e desportivas, promovidas no âmbito do Festival da Liberdade.
A iniciativa, organizada pela Associação de Municípios da Região de Setúbal, com apoio dos municípios integrantes, decorreu pela primeira vez na cidade sadina. Para além dos concertos de conhecidas bandas nacionais, houve lugar para múltiplas expressões artísticas, da dança ao teatro, do cinema às artes plásticas.



Resumo da Semana
Frases