Centenário na Cinemateca

O centenário da Revolução de Outubro vai ter grande destaque na programação da Cinemateca Portuguesa de Setembro a Dezembro, divulgada no dia 3, em conferência de imprensa, pelo seu director, José Manuel Costa, acompanhado por Joana Ascensão, da equipa de programação.

A convite da Cinemateca, o PCP esteve representado por Manuel Rodrigues, da Comissão Política do Comité Central e da comissão para as comemorações do centenário da Revolução de Outubro. Também foi assinalada a presença de dirigentes da Associação Iúri Gagárin (realçando José Manuel Costa o valor da colecção de filmes por esta depositada no Arquivo Nacional de Imagens em Movimento) e do Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa.

O ciclo «1917 no Ecrã» é «organizado por ocasião do centenário do acontecimento histórico mais marcante do século XX», para «percorrer as diversas maneiras como a Revolução Bolchevista e a guerra civil que se lhe seguiu e que durou cerca de cinco anos foram representadas no cinema, tanto na União Soviética, como em outros países», refere-se na resenha distribuída aos jornalistas e publicada no sítio electrónico da Cinemateca. Em Setembro o ciclo conta com 17 programas, estando mais 22 agendados para Outubro e Novembro.

Há uma «colaboração muito especial» do Gosfilmofond (Fundo Estatal de Cinema da Rússia), cujo responsável executivo, Piotr Bagrov, estará em Lisboa para a abertura do ciclo e para uma série de apresentações dedicadas ao realizador soviético Fridrikh Ermler (1898-1967), de 4 a 8 de Setembro.

Nos «grandes eixos da programação» sobressaem ainda a iniciativa «O Cinema e a Cidade» e um ciclo de homenagem a Luís Miguel Cintra.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: