Lego despede 1400 trabalhadores

O fabricante dinamarquês de brinquedos Lego anunciou, dia 5, o despedimento de 1400 trabalhadores, cerca de oito por cento do seu efectivo, no âmbito de uma reorganização da empresa para aumentar os lucros.

Em comunicado, a empresa explicou que, nos últimos cinco anos, construiu uma organização mais complexa para garantir o crescimento global de dois dígitos e que agora precisa de simplificar a sua estrutura para manter tal ritmo de crescimento.

O anúncio coincidiu com a divulgação dos resultados do primeiro semestre, em que sobressaem lucros de 455 milhões de euros, menos 14 milhões do que no mesmo período do ano passado.

Mais de um terço dos despedimentos terá lugar na Dinamarca, onde trabalham 4500 dos 18 mil trabalhadores da empresa.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: