1716 – A Arte de Negociar, de Callières

DIREITOS RESERVADOS

Image 24395


François de Callières, diplomata e homem de letras, secretário do gabinete de Luís XIV, publicou depois da morte do monarca francês a obra «Como Negociar com Príncipes», que dois séculos depois viria a ter um surpreendente sucesso. Conhecida como «A arte de negociar», a obra defende a importância da diplomacia para a resolução de conflitos, advogando que o principal objectivo dos governantes deve ser o de não recorrer às armas «enquanto não tiver lançado mão e esgotado a via da razão e da persuasão». Quase esquecida após a sua pulicação, a que não será alheio o contexto da época e o facto de o reinado de Luís XIV ter sido marcado por permanentes guerras, o livro foi redescoberto no início do século XX com a sua tradução em inglês, tornando-se um clássico. Autêntico manual para o exercício da diplomacia, o trabalho de Callières foi reeditado em 1963, sublinhando a importância da procura de soluções pacíficas para os conflitos, da negociação como cooperação e não como competição. Traduzida em diversas línguas, incluindo o português, a Arte de Negociar, malgrado as limitações próprias decorrentes do tempo e da mudança de mentalidades, atravessou os séculos e mantém a sua actualidade.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: