Deixem o Arsenal trabalhar

Trabalhadores do Arsenal do Alfeite vão hoje à tarde ao Ministério das Finanças, para exigirem «o desbloqueio imediato das autorizações necessárias para que a administração deste estaleiro público possa prosseguir com as necessárias intervenções em termos de modernização, equipamento (incluindo o lançamento da importantíssima obra de aumento da doca seca), admissão e formação de pessoal».

Estas são «questões que se arrastam há mais de um ano, unicamente por falta de autorização do Governo e, em particular, do Ministério das Finanças, pois o Arsenal do Alfeite possui nas suas contas próprias verbas suficientes», refere-se na nota divulgada à comunicação social pelo Sindicato dos Trabalhadores Civis das Forças Armadas, Estabelecimentos Fabris e Empresas de Defesa (Steffas/CGTP-IN).

A chegada ao Ministério das Finanças está prevista para as 14h30. Em seguida, os trabalhadores vão ao Estado-Maior da Armada, para entregar uma mensagem sobre a relação entre o Arsenal do Alfeite e a Marinha.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: