Seda Ibérica em greve

Demonstrando grande firmeza e unidade, os trabalhadores da Seda Ibérica Embalagens, em Paço de Arcos (Oeiras), aderiram em força à greve nos dias das sete horas de dia 14 à mesma hora de dia 20 (abrangendo o trabalho extraordinário), o que fez com que a produção ficasse praticamente parada. Permaneceu um piquete à porta da fábrica e, no dia 16, realizou-se ali um plenário, no qual foi enaltecido o papel do PCP, que na AR questionou o Governo sobre a situação na empresa, o que acabou por suscitar uma deslocação da Autoridade para as Condições do Trabalho.
Durante a luta, organizada pelo SITE CSRA (sindicato da Fiequimetal/CGTP-IN), prosseguiram as manobras patronais de pressão e chantagem, tentando até barrar o acesso de trabalhadores a plenários na empresa. Entre os motivos da greve, sobressaem a exigência de aumentos salariais e a contestação da tentativa de imposição do aumento dos horários de trabalho.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: