Aconteu
Iniciativas assinalam Dia Mundial do Teatro

O Dia Mundial do Teatro foi assinalado por todo o País, anteontem, terça-feira, 27, com espectáculos, debates, lançamentos de livros e divulgação de mensagens.
Os teatros nacionais D. Maria II em Lisboa e S. João no Porto abriram as suas portas ao público oferecendo espectáculos e outras actividades de acesso gratuito.
No fim-de-semana, a Junta de Freguesia de Carnide, em Lisboa, inaugurou uma escultura de homenagem ao actor João Ricardo, que morreu em Novembro, da autoria do artista plástico e cenógrafo Luís Sousa. Foi ainda inaugurada uma exposição sobre a carreira do actor e reposta a peça «O dragão cor de framboesa», encenada por João Ricardo em 1994, no Teatro de Carnide.
Para comemorar a data, o Instituto Internacional do Teatro promoveu a divulgação de mensagens que salientam a importância desta expressão artística no mundo de hoje.


Câmara de Palmela apoia companhia «O Bando»

A companhia de teatro «O Bando» e a Câmara Municipal de Palmela formalizaram, dia 23, o protocolo de cooperação ao abrigo do qual a trupe dirigida por João Brites vai receber um subsídio de 14 mil euros este ano.
Em declarações à agência Lusa, João Brites disse tratar-se do protocolo de cooperação que a autarquia tem assinado com a companhia desde que esta optou por ter sede em Palmela.
Sem este apoio da autarquia, referiu ainda João Brites, a situação da companhia estaria ainda pior do que já está. «Neste momento, somos o grupo com menos apoio nacional», observou, indicando que a autarquia também auxilia no que respeita à divulgação de espectáculos.


Poesia celebrada com leituras e conferências

O Dia Mundial da Poesia foi celebrado, dia 21, por todo o País com leituras, conferências, concertos e exposições, entre outras iniciativas.
Na Casa Fernando Pessoa, em Lisboa, o poema «A Tabacaria», escrito há 90 anos por Álvaro de Campos, foi lido em português e crioulo de Cabo Verde.
No Centro Cultural de Belém a data foi marcada com um programa dedicado à obra de Natália Correia, ao passo que o Museu da Música recebeu o ciclo de conferências, intitulado «Poesia no Museu».


Seixal homenageia Xutos & Pontapés

A Junta de Freguesia de Corroios, no Seixal, homenageou, dia 25, a banda Xutos & Pontapés, na cerimónia de apresentação das Festas Populares de Corroios.
Um monumento e uma placa onde se lê «Remar, remar, forçar a corrente» foram inaugurados no Parque Urbano da Quinta da Marialva, com a presença de banda e de eleitos autárquicos.
Os Xutos participam nas Festas de Corroios desde a sua primeira edição, há 43 anos, tendo estreado ali algumas das suas músicas.
Com concertos de entrada livre, as Festas de Corroios realizam-se este ano de 24 de Agosto a 2 de Setembro.




Eduardo Gageiro expõe em Aljustrel

Uma exposição de fotografias que registam momentos da Revolução de 25 de Abril de 1974, da autoria de Eduardo Gageiro, está patente ao público nas Oficinas de Formação e Animação Cultural (Espaço Oficinas) da Câmara Municipal de Aljustrel.
A mostra inclui 40 imagens históricas, captadas entre o dia da Revolução dos Cravos e o primeiro 1.º de Maio em liberdade, e poderá ser vista até ao próximo dia 25 de Abril.


«São Jorge» vence prémios SPA

O filme «São Jorge», de Marco Martins, venceu os prémios da Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) para melhor filme, melhor argumento e actor de cinema.
Na cerimónia, realizada dia 21, foram ainda atribuídos, entre outros, os prémios para melhor espectáculo teatral, à actriz Inês Pereira, para o melhor texto português representado, a João Pedro Mamede, ou ainda de melhor actriz de teatro, a Rita Cabaço.



Resumo da Semana
Frases