Solidariedade com a Venezuelana é mais importante do que nunca

Tal como noticiámos na passada edição, realizou-se no dia 16 de Março uma iniciativa de esclarecimento na embaixada da República Bolivariana da Venezuela em Portugal, com a presença do embaixador Lucas Rincón Romero. Participaram, entre outras organizações e entidades, o PCP, a JCP, a CGTP-IN, o CPPC, a Associação de Amizade Portugal-Cuba, o MDM e o Avante!.

Na sua apresentação, o diplomata realçou os esforços do governo bolivariano para pacificar o país, que tornaram mesmo possível um acordo nesse sentido com vários sectores da chamada oposição. O acordo viria a ser rejeitado à última da hora pelos opositores ao governo após a intervenção dos Estados Unidos, apostados no prosseguimento da tensão e da desestabilização do país e da região. Esta atitude, somada às ameaças directas de intervenção militar e a aplicação de pesadas sanções – a coberto da consideração da Venezuela como 'uma ameaça extraordinária à segurança e interesses dos EUA' (medida aprovada no tempo de Obama) –, representa objectivamente um perigoso sinal.

Lucas Rincón valorizou ainda as conquistas sociais alcançadas com o processo bolivariano e lembrou as imensas e cobiçadas riquezas naturais do país (petróleo, ouro, água doce, bauxite, coltan), que em sua opinião constituem a verdadeira razão para a ofensiva dos EUA e da oligarquia contra a Venezuela. O diplomata realçou ainda a importância do lançamento da petromoeda, que estará já a ter um efeito positivo na economia nacional.

O embaixador venezuelano entregou ainda aos presentes a Declaração de Caracas, documento aprovado no encontro internacional de solidariedade realizado no início do mês de Março na capital venezuelana, na qual os presentes reafirmam o seu «apoio militante ao povo venezuelano, à revolução bolivariana e ao seu governo popular». A operação há muito em curso contra o país pretende impor aos povos da América Latina «uma nova era de vassalagem e saque», afirmam, garantindo que os povos «jamais permitirão que a Venezuela seja tocada pela ambição da bota militar dos EUA»




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: