Contra despedimentos na Efacec

LUSA

Image 24695


No dia 23, sexta-feira, os trabalhadores das empresas do Grupo Efacec fizeram greve, por 24 horas e com altos níveis de adesão, contra a persistente prática patronal de realizar despedimentos, disfarçados sob a forma de «convites» para rescisão de contratos de trabalho. Como informou o SITE Norte, sindicato da Fiequimetal/CGTP-IN, na entrada principal das instalações da Efacec na Arroteia (São Mamede de Infesta, concelho de Matosinhos), permaneceu durante várias horas um piquete alargado.

Os trabalhadores, com o seu sindicato e a CT, contesta que a administração, para conseguir liquidar mais de 400 postos de trabalho até 2019, use o estatuto de empresa em reestruturação e recorra a diversas formas de pressão para obter a aceitação do desemprego.

A par da adesão, foi destacada a solidariedade manifestada para com os trabalhadores incluídos nas listas para despedir.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: