Breves
LISBOA
Conhecer a história peninsular com «Manuel e a sua Família»

Domingos Lobo apresentou recentemente o livro «Manuel e a sua Família», de Mário Moutinho de Pádua, na sede das Edições Avante!, no Campo Grande, em Lisboa.

Numa sala cheia e cada vez mais agradável, acompanhou-se parte da viagem de Manuel, a personagem principal da obra, da Beira Baixa até Espanha, onde a Guerra Civil o foi apanhar. Os romances são para ser lidos, mas Manuel Diogo abriu o apetite ao ler várias passagens, comprovando quão rigorosa é a obra de Mário Moutinho de Pádua, algo que a extensa bibliografia deixa logo adivinhar. No final houve um porto de honra e um reforçado convite. A Feira do Livro da Primavera já terminou, mas as portas da sede vão continuar abertas para todos aqueles que a queiram visitar.


Transporte público degradado

Numa tomada de posição pública da Direcção da Organização Regional de Aveiro, o PCP garante que se multiplicam os «focos de descontentamento e preocupação em torno da AveiroBus», empresa que assegura o transporte público urbano de passageiros na capital do distrito. Os comunistas referem-se, em particular, à continuidade do não cumprimento dos tempos mínimos de descanso dos motoristas, que chegam a estar ao serviço 14 horas, o que aumenta o stress laboral a que estão sujeitos. Além disso, acrescenta-se na nota, a Transdev (grupo ao qual pertence a AveiroBus) prepara-se para chamar profissionais para colmatar falhas e necessidades permanentes na empresa. Ora, isto confirma que, como o PCP tem vindo a alertar, falta pessoal na AveiroBus para fazer face às necessidades da prestação de um serviço público de qualidade.

Quem mais sofre com a degradação do serviço, garante ainda o PCP, são os utentes, que «têm autocarros sem aquecimento e com falta de conforto, que viram os seus tarifários serem aumentados e nenhumas melhorias em termos de horários e percursos». Esta situação dá mais força à posição do PCP, que exige a reversão da concessão deste serviço.


Encontro da Organização da Emigração

Cinco dezenas de pessoas, militantes e simpatizantes do Partido, participaram no dia 25 de Março, na Quinta da Atalaia, no encontro da Organização da Emigração, que teve uma vez mais como objectivo central a preparação da presença deste sector na Festa do Avante!. A intervenção política esteve a cargo de Paulo Raimundo, do Secretariado, que apelou aos presentes para contribuírem para o reforço do Partido.