CDU acusa PS de incapacidade em Aljezur

José Amarelinho pediu a suspensão do mandato de presidente da Câmara Municipal de Aljezur no dia 20 de Março. Em causa está uma condenação, por prevaricação, no licenciamento de obras em Vale da Telha, quando era vereador.

Em nota de imprensa, a Comissão Concelhia do PCP sublinha que a decisão (de suspensão de mandato) não altera, substancialmente, nem a «avaliação crítica» que os comunistas fazem da gestão PS, nem «a necessidade de continuar a alertar e a intervir no sentido de devolver ao concelho de Aljezur e às suas freguesias uma gestão assente no trabalho, na honestidade e na competência que caracterizam a CDU».

O Partido exige da parte do poder judicial o «apuramento de toda a verdade» face aos processos de licenciamento de obras que estão na origem das acusações» e acusa o PS de «incapacidade» de «dar resposta a uma política autárquica que valorize os serviços públicos e os trabalhadores da autarquia, promova a coesão entre as freguesias, defenda o aparelho produtivo local e a diversificação da actividade económica, promova a cultura, respeite as colectividades, valorize o desporto e o meio ambiente».

A CDU progrediu globalmente nas últimas eleições autárquicas em Aljezur, designadamente com a recuperação de um vereador na Câmara Municipal, afirmando-se como o grande espaço de convergência e alternativa de todos os que aspiram romper com a gestão PS na Câmara Municipal e querem um concelho com futuro.

 

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: