A assembleia centrou-se no reforço do Partido no concelho
PCP com muito para crescer em Loures

ORGANIZAÇÃO O Espaço Multiusos «A Fábrica», em Camarate, acolheu no dia 24 de Março a 14.ª Assembleia da Organização Concelhia de Loures do PCP, na qual participaram 150 pessoas.

O lema da assembleia, «Mais Organização e Intervenção, um PCP mais Forte!», deixava evidentes os seus objectivos, expressos na resolução política aprovada, após ter sido debatida em mais de duas dezenas de assembleias preparatórias. Nesse documento estão fixados os objectivos para os próximos anos.

Entre eles, destaca-se a concretização, até ao final do primeiro semestre de 2018, da entrega do novo cartão do Partido; o aumento da capacidade de direcção das organizações; o rejuvenescimento dos organismos; a elevação da militância; o alargamento da responsabilização de quadros; a promoção do recrutamento; o reforço da organização e intervenção nas empresas e locais de trabalho; a dinamização da intervenção das organizações locais e da organização dos reformados.

Na assembleia, os comunistas de Loures decidiram ainda alargar o trabalho unitário e a acção no movimento associativo popular e aprofundar a intervenção junto dos micro, pequenos e médios empresários e da juventude, aliando este último objectivo ao reforço da JCP. O Partido vai bater-se ainda pela afirmação do seu projecto autárquico no concelho, a gestão pública do Hospital Beatriz Ângelo e a exigência de construção de novos Centros de Saúde e, em particular durante este ano, procurará desenvolver um largo conjunto de acções por mais e melhores transportes públicos e em defesa do serviço postal público. Sobre esta última questão assume particular acuidade a luta contra o encerramento da estação dos CTT de Camarate.

Estas e outras questões foram realçadas nas 35 intervenções proferidas na assembleia, na qual foi eleita por unanimidade a nova Comissão Concelhia, composta por 63 elementos.

Na sessão de encerramento interveio João Frazão, da Comissão Política, que salientou a importância do reforço da organização do PCP, dos seus organismos e da militância dos seus membros. O dirigente comunista apelou ainda à continuação e desenvolvimento da ligação do Partido aos trabalhadores e ao povo e da intensificação da luta de massas.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: