Aconteu
Metade das famílias sem meios para a saúde

Quase metade das famílias portuguesas (47,4%) teve dificuldade em pagar serviços de saúde, segundo dados do gabinete europeu de estatística (Eurostat), divulgados na véspera do Dia Internacional da Saúde, assinalado sábado, 7.

Os resultados do inquérito, relativos a 2016, mostram que 7,7 por cento das famílias portuguesas (quase uma em cada dez) tiveram «muitas dificuldades» para cobrir estes custos e 13,4 por cento sentiram «dificuldades moderadas». Mais de uma em cada quatro famílias (26,3%) tiveram «algumas dificuldades».

Em contrapartida, 52,2 por cento das famílias consideraram não ter dificuldade em pagar os serviços de saúde, despesa que para 19,6 por cento era até «muito fácil» de suportar.

No mesmo período, 71 por cento das famílias em todas a União Europeia conseguiam pagar os custos de serviços de saúde com facilidade, sendo que 22 por cento tinham «muita facilidade».

A Grécia é o país com piores resultados, onde 90 por cento das famílias manifesta dificuldade em cobrir estes custos, seguindo-se a Hungria, onde as dificuldades são sentidas por 74 por cento das famílias, o Chipre (72%), Letónia (64%), Eslováquia (61%) e Itália (56%).

Os dados do Eurostat incluem tanto os serviços de saúde públicos como privados e os custos incluem, entre outros, preços das consultas, tratamentos e receitas prescritas, mas também exames e tratamentos dentários.


Ajudas à banca custaram 17 mil milhões ao Estado

Entre 2007 e 2017, a despesa do Estado com apoios ao sistema financeiro ascendeu a 17,1 mil milhões de euros, ou seja, cerca de nove por cento do Produto Interno Bruto.

Segundo dados do Banco de Portugal divulgados dia 3, a maior fatia destinou-se a injecções de capital, caso da Caixa Geral de Depósitos (CGD) em 2017, do Banif em 2015, da capitalização do Novo Banco em 2014 (na sequência da resolução do BES) ou do BPN (nacionalizado em 2008).

Ainda segundo os dados do Banco de Portugal, o impacto destas medidas públicas de apoio ao sector financeiro na dívida pública ascende a 23 716 mil milhões de euros, representando 12,3 por cento do PIB.


Miguel Oliveira sobe ao pódio na Argentina

O piloto português Miguel Oliveira, em KTM, foi terceiro classificado na corrida de Moto2 do Grande Prémio da Argentina, segunda prova do Mundial de motociclismo de velocidade de 2018, disputada, dia 8, em Termas de Rio Hondo.

Miguel Oliveira, que tinha sido quinto no Qatar, partiu do sétimo lugar da grelha e chegou a ser segundo, para acabar pela 10.ª vez no pódio, atrás do italiano Mattia Pasini (Kalex), que venceu, e do espanhol Xavi Vierge (Kalex), segundo.

Na classificação do campeonato, Miguel Oliveira segue no quinto lugar, com 27 pontos.


Palmela comemora abolição da pena de morte

O município de Palmela inaugura hoje, quinta-feira, 12, na Biblioteca Municipal de Pinhal Novo, uma mostra vídeo-bibliográfica sobre a abolição da pena capital em Portugal.

A iniciativa decorre no âmbito das comemorações dos 150 Anos da Carta de Lei da Abolição da Pena de Morte e apresenta uma selecção de obras em suporte vídeo e bibliográfico, em torno da carta de lei assinada pelo rei D. Luís a 1 de Julho de 1867, a qual contém «muitos dos valores e ideais actualmente presentes na Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia», assinala o município.


«O Senhor Júnior» de José Salgadinho

O romance «O Senhor Júnior», da autoria de José Salgadinho, foi apresentado dia 31 de Março, numa sessão realizada na Biblioteca Municipal Florbela Espanca, em Matosinhos.

O livro, cuja apresentação ficou a cargo do vereador da CDU, José Pedro Rodrigues, tem como principais referências acontecimentos reais que causaram a morte a milhões de pessoas inocentes e destruíram cidades, vilas e aldeias em quantidade inimaginável. Esses acontecimentos são as duas grandes guerras mundiais, 1914-1918 e 1939-1945, a guerra civil de Espanha, e ainda a ditadura fascista de Salazar.

O autor, de 86 anos, nascido em Loulé e há muito radicado em Matosinhos, foi colaborador de vários jornais, contando com cinco livros de contos publicados.



Resumo da Semana
Frases