Jornada da alimentação, hotelaria e turismo

LUSA

Dirigentes e delegados sindicais e outros trabalhadores, mobilizados pelos sindicatos e a federação da CGTP-IN nos sectores da alimentação, hotelaria e turismo, realizaram no dia 4, quarta-feira, uma acção de protesto, em Lisboa, a encerrar uma quinzena de luta.
As reivindicações – com destaque para os aumentos salariais e o cumprimento da contratação colectiva e do direito à sua negociação, negado pelos patrões – foram deixadas, em mão, nas sedes das associações patronais Ahresp e AHP, da Autoridade para as Condições do Trabalho (exigindo uma acção inspectiva sancionatória e em tempo útil) e no Ministério da Economia e secretaria de Estado do Turismo.
Deslocando-se a pé, em manifestação, os trabalhadores fizeram ouvir-se desde a Avenida Duque de Ávila à Casal Ribeiro, e do Rossio até ao acesso da Praça Luís de Camões para a Rua da Horta Seca. Nesta concentração, entre outras intervenções, falou Rita Rato, deputada do PCP, que expressou solidariedade com os objectivos da luta.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: