Dia da Vitória festejado em Lisboa

Por iniciativa da Associação Iúri Gagárin e da Associação Chance+, realizou-se em Lisboa, na Alameda D. Afonso Henriques, a 2.ª Festa da Vitória e da Paz.

O aniversário da vitória da União Soviética e demais aliados contra o nazi-fascismo foi celebrado no domingo, dia 6, e teve como ponto alto o desfile do «Regimento Imortal», em que participaram russos, ucranianos, moldavos, bielorussos, georgianos, casaques e originários de outros países que constituíam a URSS, bem como muitos portugueses e pessoas de outras nacionalidades. Neste desfile integrou-se igualmente a cantora Iulia Samoilova, com outros elementos da representação russa no festival da Eurovisão.

No espectáculo que se seguiu ao acto de homenagem aos combatentes vitoriosos de 1945 actuaram grupos das associações Edinstvo, Espaço Vivo, Capela e Mir e do Centro Cultural da Moldávia, e outros artistas de diferentes comunidades imigradas, vindos de vários concelhos, desde Albufeira a Coimbra, bem como a banda da Academia Sons e Harmonia, o grupo Alborca e o coro da Liga dos Amigos da Mina de S. Domingos.

Nesta confraternização, em torno de um valor tão importante como a conquista da liberdade e da paz, o estímulo a um maior entrelaçamento entre estas comunidades imigrantes e a população portuguesa e ao mútuo conhecimento da cultura e história de cada povo alargou-se à variedade da gastronomia.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: