Aconteu
Porto vence campeonato nacional de futebol

O Futebol Clube do Porto assegurou, dia 5, a vitória no campeonato português de futebol, conquistando o seu 28.º título na competição, depois de Sporting e Benfica terem empatado o dérbi na penúltima jornada. O Benfica ficou em segundo lugar e o Sporting em terceiro.
Numa mensagem de felicitações, a Direcção Regional do Porto do PCP saudou «o Futebol Clube do Porto – dirigentes, atletas, técnicos, funcionários e adeptos – pela vitória alcançada, na presente época, na I Liga de Futebol.
«Uma vitória que contribui para o prestígio – nacional e internacional – do Clube, da cidade e da região», conclui a nota.


Fuga de Sobibor exibida em Lisboa

O filme «Sobibor» (ou «Lenda de uma Fuga») estreou, dia 10, no cinema S. Jorge, em Lisboa, com entrada gratuita, no âmbito do programa internacional de divulgação não comercial da obra. A iniciativa foi apoiada pela Associação Iúri Gagárin, inserindo-se igualmente na 2.ª Festa da Vitória e da Paz, promovida juntamente com a Associação Chance+. Baseada em factos reais que ocorreram durante a Segunda Guerra Mundial, a película mostra-nos uma fuga de prisioneiros de várias nacionalidades, organizada em apenas três semanas, em Outubro de 1943, no campo de extermínio nazi de Sobibor, na Polónia. Realizada por Konstantin Khabenski, conhecido actor russo que também integra o elenco, o filme teve ante-estreia em Varsóvia e em Rostov-sobre-o-Don no passado dia 23 de Abril.


Marx em Maio

No segundo centenário do nascimento de Karl Marx, a Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa acolheu, de 3 a 5 de Maio, o Congresso Internacional Marx em Maio. Promovida pelo Grupo de Estudos Marxistas, a iniciativa juntou personalidades – da economia, da história, da filosofia, das artes, do mundo sindical – para reflectir sobre a importância, o alcance e a actualidade de Marx e da teoria marxista. Durante os três dias tiveram lugar 17 painéis, abordando temas como «Arte e Religião», «Ontologia e Marx», «Trabalho e Revolução Social», «Análise Económica» e «História e Direito», com, entre outros participantes, José Barata-Moura, Ricardo Oliveira e Armando Farias. A «Luta de Classes e Revolução» encerrou o congresso. Albano Nunes, um dos oradores, concluiu: «A revolução nunca tem data marcada. Podemos estar certos de que novos importantes processos de progresso social e novas explosões revolucionárias virão ao nosso encontro. Cabe-nos a nós ir ao encontro delas, persistindo na luta e aprendendo com Marx e a sua ilimitada confiança na classe operária e nas massas e no futuro socialista e comunista da humanidade.»


Exposição evoca Maio de 68 em França

Uma exposição inaugurada anteontem, terça-feira, 15, no Atelier-Museu Júlio Pomar, junta obras de seis artistas a várias peças de Pomar, que evocam a «dinâmica revolucionária» do movimento que abalou a França há meio século.
Júlio Pomar, que vivia em Paris nessa altura, criou um conjunto importante de pinturas onde retoma a «ideia da articulação arte-política que lhe era tão próxima nos anos de 1940», salientam os curadores da mostra que estará patente até 29 de Setembro.


Livro infantil premiado no Brasil

O livro «Infâncias Aqui e Além-Mar» foi distinguido nos prémios anuais da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil do Brasil (FNLIJ), revelou no dia 11 a organização.
A obra põe em diálogo a poesia do autor português José Jorge Letria com a do brasileiro José Santos, e conta com ilustrações de Cátia Vidinhas (Portugal) e Eloar Guazzelli (Brasil).
O livro, lançado no ano passado pela editora brasileira SESI-SP, foi considerado pela referida fundação como o melhor em língua portuguesa no panorama editorial brasileiro de 2017.



Resumo da Semana
Frases