Há muito que está a ser preparada a Festa de 2018
Na Atalaia e um pouco por todo o País constrói-se uma Festa cada vez melhor

MILITÂNCIA As portas só abrem ao final da tarde de 7 de Setembro e ainda faltam mais de três semanas para o início das jornadas de trabalho, mas a edição deste ano da Festa do Avante! há muito que está a ser preparada, no terreno e nas organizações do Partido.

A primeira jornada de trabalho realiza-se a 16 de Junho, mas no recinto da Festa já se trabalha, e muito, para melhorar as condições de trabalho e estadia dos construtores e visitantes. Particularmente relevante – e visível – é a plantação de dezenas de árvores em todo o terreno, onde deixa de haver eucaliptos. A rearborização da Festa, iniciada no ano passado e prosseguida no corrente, foi um compromisso assumido após a primeira edição alargada ao novo terreno da Quinta do Cabo, em 2016, assinalado em duas jornadas simbólicas de plantação de novas árvores que contaram com a participação de dezenas de alunos de escolas básicas da freguesia da Amora, para as quais foram convidadas. Destas acções, realizadas em 2017 e 2018 no Dia da Árvore (21 de Março), deu o Avante! a devida nota.

Mas a aproximação das jornadas de trabalho impõe que tudo esteja preparado para receber os construtores, de modo a que do seu esforço e dedicação resultem avanços consideráveis na implantação da Festa. Isto implica trabalho no terreno, arrumando e reparando materiais e ferramentas, mas também nas organizações do Partido e da JCP, particularmente ao nível da elaboração dos projectos de construção, definição dos conteúdos políticos e gastronómicos de cada um dos espaços e responsabilização de quadros pelas múltiplas tarefas relacionadas com a Festa.

De entre essas tarefas, e tantas que são, várias relacionam-se com a sua divulgação. Por todo o País estão já afixados cartazes assinalando a data da Festa, ao mesmo tempo que estão a ser distribuídas e vendidas as Entradas Permanentes/EP, que dão acesso a todos os dias, espaços e espectáculos. Comprada nos dias da Festa, a EP custa 37,5 euros, mas baixa para 25 euros se adquirida antecipadamente.

Diversas iniciativas desportivas e culturais já em curso, que implicam igualmente muita preparação, organização e trabalho militante, contribuem também para a divulgação da Festa.


Receber bem
para um usufruto pleno

Árvores, amplos espaços de estada, lazer e sombra e uma fabulosa vista sobre o Tejo é apenas uma parte do que a Festa do Avante! tem para oferecer aos visitantes durante o primeiro fim-de-semana de Setembro. Estas características da Festa, juntamente com os valores que dela emanam e o rico e diversificado programa cultural, desportivo e gastronómico, fazem dela uma iniciativa ímpar no panorama nacional. Para não ir mais longe…

Para que a Festa seja plenamente vivida por quem a visita, há um conjunto de serviços e equipamentos à disposição que ano após ano têm vindo a ser melhorados. O novo Espaço Criança fez nos últimos dois anos as delícias dos mais pequenos e este ano lá estará, ainda mais cuidado e agradável. Nos pavilhões de Lisboa, Alentejo, Setúbal e Porto e no Espaço Criança haverá uma vez mais o Espaço Bebé, onde se pode trocar fraldas, aquecer biberões e ter acesso a água quente.

No serviço de recepção e bagageira, instalado junto às duas entradas da Festa, é possível guardar bens em segurança (mediante o pagamento de um valor simbólico), solicitar informações e adquirir o Guia do Visitante ou a Revista da Festa. No centro do recinto haverá, como sempre, um Posto de Informações e de Perdidos e Achados e em vários locais serão disponibilizados pontos de energia devidamente assinalados para carregamento de equipamentos electrónicos, à responsabilidade de cada um.

Instalações sanitárias adaptadas, língua gestual no comício e um serviço de transporte em viatura adaptada a partir de Lisboa, Seixal e Almada, bem como da estação ferroviária de Foros de Amora ou das imediações da Atalaia, garantem uma Festa para todos. Acampamento para visitantes, parques de estacionamento próprios (inclusivamente para viaturas adaptadas) e carreiras especiais com horários prolongados nos vários transportes públicos, incluindo um vai-vem gratuito entre a Quinta da Atalaia e a estação dos Foros de Amora, são outras valências que permitem o pleno usufruto de três dias únicos.


Em festa até à Festa

Nos meses de Verão as jornadas de trabalho, a divulgação do programa musical e cultural da Festa e a venda da EP mobilizarão grande parte dos esforços da organização partidária. Ao mesmo tempo, são muitas as iniciativas culturais e desportivas que não só ajudam a promover a Festa do Avante! como acabam por envolver na sua preparação centenas de pessoas, de Norte a Sul do País. São os casos do Concurso de Bandas para o Palco Novos Valores, promovido pela JCP, e das diversas provas desportivas, resultantes de parcerias entre a Comissão de Desporto da Festa e várias colectividades, clubes e associações.

Quanto ao concurso da JCP, que já vai na sua 21.ª edição, estão a decorrer eliminatórias concelhias e regionais de onde sairão as bandas que actuarão, nos dias da Festa, no Palco Novos Valores. Terão oportunidade de tocar na Festa as bandas vencedoras das seguintes finais regionais: Braga, Bragança e Vila Real; Porto e Viana do Castelo; Aveiro, Leiria e Santarém; Viseu, Coimbra, Castelo Branco e Guarda; Lisboa; Setúbal; Alentejo; Algarve. No concurso, que este ano decorre sob o lema «Direito à Cultura, pela luta é que lá vamos», inscreveram-se dezenas de jovens bandas de todo o País, dos mais variados géneros musicais.

No que respeita ao desporto, realizaram-se no passado fim-de-semana, no pavilhão da Escola Secundária Manuel Cargaleiro, na Amora, as eliminatórias do torneio de Futsal Avante Jovem, na categoria de Petizes (6-7 anos). Participaram 16 equipas oriundas de ambas as margens do Tejo, tendo sido apuradas para a final – que se joga no dia 9 de Setembro às 17 horas no Polidesportivo da Festa – o Sporting Clube de Portugal e a Academia do Sporting de Corroios. Nos próximos dias 26 e 27 decorrem as eliminatórias de Traquinas (8-9 anos) e Benjamins (10-11 anos).

Novidades

Comboio interno: procurando facilitar a deslocação no interior da Festa de quem tem maiores dificuldades, funcionará um pequeno comboio com lotação limitada e horário e percurso previamente definidos (a divulgar em breve). Ligará a zona do lago ao Espaço Internacional, junto à entrada da Quinta da Princesa, e ao longo do percurso terá entre duas a três paragens.

Transportes mais próximos: este ano os autocarros das carreiras regulares da TST e SulFertagus páram ainda mais próximo da nova entrada da Festa (Quinta do Cabo), passando a ser utilizadas as paragens junto ao Estádio da Medideira.

Novo parque de excursões: os autocarros de excursão vão estacionar num parque específico e sinalizado em frente à entrada da Quinta do Cabo, voltando ao local onde durante anos esteve localizado e no qual não é permitido acampar.


Dormir perto para aproveitar tudo

Para quem não quiser perder nada da Festa, uma opção é ficar no acampamento exterior, localizado nas proximidades do recinto e equipado com serviço de bar, lava loiça, casas de banho, duche e vigilância adequada. A utilização de fogões de campismo só é possível nos locais definidos pela organização.

O acampamento abre às 10 horas do dia 6 de Setembro, decorrendo nesse mesmo dia às 18h00 uma iniciativa de recepção aos campistas. A estadia no Acampamento Exterior é possível mediante pré-inscrição (através do endereço acampamentoexterior@festadoavante.pcp.pt) e pagamento à chegada: para toda a estadia, 7,5 euros por pessoa, 7,5 euros por tenda e 15 euros por caravana, roullote ou equiparado.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: