O PCI apresentou-se às urnas com o movimento do clérigo Moqtada al-Sadr
Opositores vencem eleições parlamentares no Iraque

LEGISLATIVAS A coligação formada entre o líder religioso Moqtada al-Sadr e o Partido Comunista Iraquiano (PCI) venceu as eleições de sábado, 12, para o parlamento do Iraque e pode apresentar uma proposta de governo.

O sufrágio decorreu praticamente sem incidentes violentos, ao contrário do que acontecia desde 2005, e registou uma taxa de participação de quase 45 por cento dos 24,5 milhões de iraquianos habilitados a votar. O facto mereceu referência positiva por parte do PC Iraquiano, que em nota divulgada no seu sítio na Internet, dia 18, saudou o ambiente pacífico e ordeiro em que decorreram as legislativas.

O PCI apresentou-se às urnas conjuntamente com o movimento do clérigo Moqtada al-Sadr, também na oposição ao movimento «A Vitória» que tem ocupado o governo do país nos últimos anos. Denominada «Marcha pelas Reformas», a plataforma eleitoral formada por xiitas e comunistas conquistou 54 de 320 lugares no novo hemiciclo (acrescem nove lugares de uma quota atribuída às confissões religiosas minoritárias). Muito longe de uma maioria robusta, mas ainda assim com um número de deputados superior às duas outras alianças eleitorais mais votadas, a já referida «A Vitória» e a «Conquista» (esta última ficou em segundo lugar).

A «Marcha pelas Reformas» tem, por isso, a faculdade, constitucionalmente consagrada, de apresentar uma proposta de executivo, não sendo de descartar que, para tal, venha a encetar conversações com formações com menor representação parlamentar, cujo acesso à assembleia é facilitado pelo sistema proporcional em vigor no Iraque.

Xiitas e comunistas pretendem implementar um programa assente em três pilares: fim do sistema de quotas, combate ao sectarismo e à corrupção. Além da reforma do regime, entre os objectivos político-sociais estão a convergência de todos os democratas e patriotas para garantir a segurança, o progresso e o primado do Estado de direito, afirma o PCI no texto publicado a propósito.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: